Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Jennifer López e Rodrigo Santoro mostram entrosamento em coletiva

Los Angeles (EUA), 5 mai (EFE).- Jennifer López e o ator Rodrigo Santoro participaram neste sábado de um encontro com a imprensa de Los Angeles para apresentar o filme baseado no best-seller sobre gravidez ‘O Que Esperar Quando Você Está Esperando’ e mostraram bastante entrosamento.

A cantora e atriz de 42 anos revelou detalhes sobre como foi a gravidez de seus gêmeos Emme e Max, que já completaram 4 anos, as mudanças físicas que experimentou e como a maternidade mudou sua vida.

‘Quero que eles estejam bem, isso é o principal para mim. O resto vem depois’, destacou.

A artista prepara atualmente uma turnê de verão pela América do Norte com Enrique Iglesias e Wisin e Yandel, e é júri de dois programas televisivos, ‘American Idol’ e ‘¡Q’Viva!’, no qual trabalha com seu ex-marido Marc Anthony, pai de seus filhos.

‘Estou um pouco cansada’, reconheceu Jennifer López, acompanhada também de suas companheiras de elenco Cameron Díaz, Elizabeth Banks, Anna Kendrick, Wendi McLendon-Covey e da autora do livro, Heidi Murkoff.

No filme, López tem uma relação com o personagem vivido por Santoro e juntos decidem iniciar o processo legal para se tornarem pais de uma criança etíope.

‘Eu era invejada por todo elenco’, brincou a atriz sobre suas cenas com Santoro enquanto olhava para suas companheiras.

A cantora se entrosou tão bem com o ator brasileiro que chegou a incomodar o diretor do filme, Kirk Jones.

‘Ele não achava que tivéssemos que nos beijar e nos abraçar tanto’, contou López, justificando tanto contato físico por sua condição de latinos.

A atriz declarou também que seu papel no filme lhe abriu os olhos para a adoção, algo que nunca lhe tinha passado pela cabeça.

‘Sempre quis ter meus filhos e nunca pensei nisso, mas me apaixonei por essas crianças etíopes. Entendi o que se sente (ao adotar)’, afirmou.

Já Rodrigo Santoro, que em julho começará a gravar a sequência de ‘300’, onde retomará o papel de Xerxes, disse que ‘adoraria ter filhos’ com a pessoa certa, mas não sente que a paternidade seja ‘uma obrigação’.

‘Se acontecer, será magnífico’, comentou o ator, que se mostrou disposto a estar presente na hora do parto para ver tudo ‘de todos os ângulos’. EFE