Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Israel autoriza construção de 14 casas para colonos em Jerusalém Oriental

Israel vai construir 14 novas residências para colonos no bairro palestino de Ral Al Amud, em Jerusalém Oriental, informou nesta quarta-feira a TV israelense.

O Conselho Municipal de Jerusalém aprovou a construção deste novo grupo de residências para colonos dentro da parte oriental da cidade, majoritariamente árabe.

Ao menos 196 mil israelenses vivem em 12 bairros de Jerusalém Oriental, conquistada na guerra dos Seis Dias, em junho de 1967, e depois anexada por Israel.

Chamado de “Maaleh David”, o novo grupo de residências está situado próximo a um assentamento hebreu com cerca de mil pessoas.

“Com esta decisão, a comissão atira mais lenha ao fogo, incitando os colonos e sua problemática presença neste bairro”, disse Yudith Oppenheimer, militante da ONG israelense Ir Amim, que defende uma coexistência pacífica entre israelenses e palestinos em Jerusalém.

“Condenamos muito fortemente esta decisão israelense e faremos consultas com o Conselho de Segurança das Nações Unidas para deter a colonização”, declarou à AFP o negociador palestino Saeb Erakat.

“Exortamos à comunidade internacional a apoiar nossa gestão e fazer cessar os crimes de guerra israelenses que prosseguem com a colonização, o muro (na Cisjordânia) e a espoliação das terras palestinas”, disse Erakat.

A Organização de Libertação da Palestina (OLP) anunciou na quarta-feira que apresentará a questão da colonização israelense ao Conselho de Segurança da ONU.

No dia 1º de novembro passado, Israel anunciou a construção de 2 mil residências nas colônias.