Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Irmã do atirador é uma das vítimas do massacre de Ohio, diz TV

O autor dos disparos foi identificado como Connor Betts, um jovem branco de 24 anos; 9 pessoas morreram e 27 ficaram feridas

Por Da Redação
5 ago 2019, 01h08

O atirador que deixou nove mortos na madrugada deste domingo, 4, em Dayton, no americano de Ohio, matou a própria irmã, que estava no local do ataque – segundo informações da rede de televisão CNN. Não estava claro se ele sabia que ela estaria no local, um estabelecimento chamado Ned Pepper’s Bar, segundo a polícia. Outras 27 pessoas ficaram feridas.

O autor dos disparos foi identificado como Connor Betts, um jovem branco de 24 anos, segundo o assistente do chefe da Polícia local, Matt Carper, em uma entrevista coletiva. No momento do ataque, ele usava um colete à prova de balas militar.

Oficiais de polícia estavam em patrulha de rotina e chegaram à cena do crime em menos de um minuto, atirando e matando Betts. Eles disseram acreditar que conseguiram evitar muitas outras mortes.

“Em menos de um minuto, os oficiais de Dayton neutralizaram o atirador”, disse o prefeito Nan Whaley, na entrevista coletiva. “Ainda estou completamente surpreso com a natureza heroica do nosso departamento de polícia.”

A irmã do atirador, que é da cidade de Bellbrook, no mesmo Estado, foi identificado como Megan Betts, de 22 anos. Entre os 27 feridos, 4 continuam em condições sérias e uma, crítica, segundo autoridades médicas.

Os motivos do atirador não estavam imediatamente claros e os investigadores disseram acreditar que ele agiu sozinho. As vítimas foram identificadas como quatro mulheres e cinco homens com idades entre 22 e 57 anos, segundo as autoridades, destacando que a mais nova era a irmã do atirador. Seis das nove pessoas, segundo Carper, eram negras. “Tudo aconteceu em um período muito curto de tempo”, disse Carper.

Continua após a publicidade

Segundo o prefeito, Betts atirou com um fuzil calibre 223 e carregava muitos pentes de munição.

O ataque a tiros de Dayton, uma cidade de cerca de 140 mil habitantes no sudoeste de Ohio, ocorreu apenas 13 horas após outro ataque a tiros em El Paso, no Texas, que deixou pelo menos 20 mortos em supermercado Walmart. O suspeito de 21 anos foi preso.

(Com Estadão Conteúdo)

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.