Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Inundações no leste da Austrália isolam milhares de pessoas

Por Da Redação 3 fev 2012, 14h15

Milhares de australianos se encontravam presos em suas casas nesta sexta-feira, no leste do país, por causa das inundações que deixaram várias comunidades acessíveis apenas através de helicóptero.

Aproximadamente 7.200 pessoas estão isoladas no estado de Nova Gales do Sul (sudeste) e em Queensland (nordeste), disseram autoridades.

“Visto do céu, parecem ilhas”, declarou o primeiro-ministro de Nova Gales do Sul, Barry O’Farrell, após sobrevoar a região.

Em Moree, uma cidade de 8 mil habitantes que é cortada pelo rio Mehi, foi dado o alerta de evacuação, informou o serviço de emergência.

“A cidade de Moree está inundada. O norte de Moree está inacessível e muitas casas então inundadas”, acrescentou o primeiro-ministro. “Quando sobrevoamos o centro, vemos que algumas ruas parecem canais. Elas estariam mais bem colocadas em Veneza do que no norte da Nova Gales do Sul”.

O serviço de emergência do estado resgatou várias pessoas de helicóptero. “É uma operação logística enorme com essas inundações”, disse Steve Pearson, um dos responsáveis pela emergência.

“Nós tivemos que usar muitos, todos os nossos helicópteros, para retirar as pessoas. Felizmente, a maioria das pessoas obedeceu à ordem de evacuação”, acrescentou à emissora de televisão Seven Network.

Queensland e o norte da Nova Gales do Sul sofreram há um ano inundações históriacas, que mataram cerca de 30 pessoas e deixaram bilhões de dólares em danos.

Estas inundações, que devastaram uma área do tamanho da França e da Alemanha juntas, foram causadas pelo fenômeno climático La Niña.

Continua após a publicidade
Publicidade