Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fazendeiros paraguaios apoiam impeachment de Lugo e cancelam ‘tratoraço’

Grandes produtores agrícolas paraguaios da União de Grêmios de Produção (UGP) anunciaram neste sábado o cancelamento do “tratoraço” previsto para a próxima segunda-feira contra o governo de Fernando Lugo, que sofreu um impeachment nesta sexta-feira. Os produtores se disseram ainda favoráveis ao afastamento do agora ex-presidente.

Leia mais:

Federico Franco faz juramento e assume a Presidência

Lugo é cassado e deixa a Presidência

Tema em foco: O impeachment no Paraguai

“Temos que dar uma oportunidade ao novo governo”, disse Héctor Cristaldo, presidente da UGP. O grêmio reúne, entre outros, os poderosos produtores e exportadores de cereais e oleaginosas. Os chamados tratoraços são uma forma de protesto dos fazendeiros em que eles bloqueiam estradas com suas máquinas, gerando quilômetros de congestionamentos.

“Esperamos conseguir com Franco o que não pudemos com Lugo”, disse Cristaldo. Os produtores exigem que o governo impeça as invasões de estabelecimentos rurais por sem-terra, registradas no governo Lugo.

Após apoiar o impeachment de Lugo, o empresário afirmou que “pessoas de fora não devem tentar interferir em nossos problemas internos”, referindo-se à posição de governos da Unasul que não reconhecem Franco como presidente.