Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Exército israelense mata palestino armado na fronteira

Jerusalém, 1 abr (EFE).- O Exército israelense matou um palestino armado enquanto cavava um buraco perto muro de segurança que separa Israel de Gaza.

‘Soldados das Forças de Defesa de Israel que operavam ao longo da cerca de segurança na altura do centro de Gaza identificaram um sujeito suspeito cavando na terra, o que sugeria que estava tentando colocar uma bomba’, detalha um comunicado do Exército.

A nota acrescenta que os militares ‘tentaram afastá-lo disparando contra sua pessoa e confirmaram em seguida que atingiram o alvo’.

Os fatos ocorreram na noite de sábado para domingo e, em uma busca realizada nesta manhã, os soldados encontraram ‘o cadáver com um fuzil AK-47’.

O Exército israelense afirma ter detectado na última semana três artefatos explosivos no muro de segurança, que foram detonados de maneira controlada.

‘Incidentes como este são uma prova de como as organizações terroristas utilizam a área adjacente à cerca de segurança em Gaza para colocar explosivos e executar ataques terroristas e tentativas de sequestro contra os soldados israelenses, pondo em perigo os cidadãos de Israel e as forças de segurança que operam na área’, diz o comunicado militar.

Fontes oficiais e das milícias em Gaza não puderam confirmar a morte nem a identidade do falecido. EFE