Eleições gerais na Índia começam em 7 de abril

Processo irá durar várias semanas por questões de logística e segurança. País tem é a maior democracia do mundo, com 810 milhões são eleitores

Por Da Redação - 5 mar 2014, 04h16

A Comissão Eleitoral da Índia anunciou nesta madrugada que o início das eleições gerais será em 7 de abril. O processo irá durar várias semanas por questões de logística e segurança, em um país que possui uma população de 1,2 bilhão, dos quais 810 milhões são eleitores. A contagem dos votos será em 16 de maio e a maioria dos resultados devem sair no mesmo dia.

Leia também:

Índia comuta pena de assassinos de ex-primeiro-ministro

Uma pesquisa recente conduzida pela Pew Research Center mostrou que 63% dos indianos preferem o oposicionista Partido do Povo Indiano, liderado por Narendra Modi. O governista Partido do Congresso, liderado por Rahul Gandhi, tradicionalmente se mantém no poder.

Publicidade

Recentemente, o Partido do Congresso está em destaque por envolvimento em escândalos de corrupção e pela inabilidade para lidar com uma economia em desaceleração e com problemas relacionados à pobreza, infraestrutura e educação.

Modi também enfrenta controvérsias. Alguns críticos questionam se o candidato, da religião hindu, conseguirá liderar um país de muitas culturas. Ele foi acusado de fazer pouco para impedir protestos contra muçulmanos em 2002 no estado de Gujarat, quando mais de 1.000 pessoas morreram.

(Com Estadão Conteúdo)

Publicidade