Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dois turistas italianos são sequestrados na Índia, segundo TV local indiana

Roma, 17 mar (EFE).- Dois turistas italianos foram sequestrados no estado de Orissa, leste da Índia, pela guerrilha maoísta, segundo informou neste sábado o canal de televisão local ‘Ndtv’.

Os meios de comunicação italianos repercutiram a notícia divulgada pela televisão indiana embora, por enquanto, esta não tenha sido confirmada pelo Ministério de Exteriores italiano, que ativou os procedimentos diplomáticos para comprovar a veracidade da informação.

Segundo a ‘Ndtv’, por trás do sequestro dos dois italianos está a guerrilha maoísta que, segundo as mesmas fontes, pediu um resgate e apresentou uma lista com exigências em troca da libertação dos reféns.

Consta da lista 13 pedidos, entre os quais estão a libertação de presos políticos e a interrupção da operação conhecida como ‘Green Hunt’, lançada em novembro de 2009 pelo Governo indiano contra a guerrilha naxalita, que luta por uma revolução agrária de cunho comunista.

A guerrilha maoísta permanece sobretudo ativa no chamado ‘cinturão vermelho’, uma faixa de território no centro e no leste da Índia onde os rebeldes mantêm vários campos de treinamento e buscam o apoio do campesinato para implantar uma revolução agrária.

As origens dos naxalitas, que tomaram seu nome de uma rebelião de 1967 na aldeia bengali de Naxalbari, aparecem ligados à universidade, embora mais tarde sua mensagem tenha adquirido popularidade nas áreas rurais e empobrecidas, onde costumam lançar pequenos ataques escondidos em áreas de floresta. EFE