Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dissidente é condenado a oito anos de prisão na China

Cao Haibo foi condenado por ‘estimular a subversão do poder do estado’

Um tribunal chinês condenou a oito anos de prisão um dissidente que havia publicado na internet artigos que defendiam a instauração da democracia na China, anunciou nesta quinta-feira o advogado de defesa. A condenação acontece às vésperas da maior transição de poder na cúpula do Partido Comunista nos últimos dez anos. O 18º congresso do partido terá início na próxima quinta-feira, em Pequim.

Cao Haibo, de 27 anos, é funcionário de um cibercafé. Ele foi condenado na cidade de Kunming (sudoeste da China) por “estimular a subversão do poder do estado”, uma acusação geralmente usada contra os opositores políticos na China, informou o advogado Ma Xiaopeng. Cao foi considerado culpado de ter “criado um fórum de debate na rede e de ter disponibilizado artigos em sites no exterior”, segundo Ma.

Leia também:

Ai Weiwei vai devolver as doações recebidas de apoiadores

‘Só saí da China porque a considero uma prisão’, diz escritor chinês

Segundo analistas independentes, este ano as autoridades comunistas chinesas apertaram o cerco aos dissidentes e o controle sobre os meios de comunicação.

(Com agência France-Presse)