Clique e assine a partir de 8,90/mês

Desabamento de hotel na China com pessoas em quarentena deixa 10 mortos

Setenta e uma pessoas estavam no imóvel no momento da queda, 58 delas sob cuidados devido à infecção

Por Da Redação - 8 mar 2020, 10h16

Um hotel na China, usado para hospedar pessoas em quarentena por suspeita de coronavírus, desabou neste sábado, 7, na cidade de Quanzhou, e deixou dez mortos, segundo o Ministério de Atenção a Situações de Emergência. Setenta e uma pessoas estavam no imóvel no momento da queda, 58 delas sob cuidados médicos. Segundo as autoridades, 23 pessoas ainda estão sendo procuradas.

O motivo da queda do edifício ainda está sendo apurado. Segundo a agência de notícias Xinhua, o primeiro andar do prédio passava por uma reforma e o proprietário do prédio já teria sido identificado pela polícia e convocado para prestar esclarecimentos.

Com 80 quartos, o hotel Xian foi transformado, recentemente, em um ponto de acolhida e de quarentena para pessoas que tiveram contato com pacientes com o Covid-19, segundo informações da mídia estatal chinesa. O desabamento ocorreu por volta das 19h30 da noite de sábado, no horário local do país.

Autoridades sanitárias da China afirmam que o número de mortes causadas pelo novo coronavírus chegou a 3.070 na China continental, enquanto o número de novos infectados passou a ser inferior a 100 por dia. A Comissão Nacional de Saúde da China anunciou que 28 pessoas morreram vítimas do vírus na sexta-feira na província de Hubei, a mais castigada no país. O órgão confirmou também 99 novos casos de infecção. Até o momento, 80.651 pessoas foram confirmadas como tendo contraído o coronavírus na China continental.

Continua após a publicidade
Publicidade