Clique e assine a partir de 9,90/mês

Coronavírus: Argentina registra primeira morte causada pela doença

Paciente de 65 anos tinha outros problemas de saúde; caso trata-se do primeiro óbito na América Latina

Por Da Redação - 7 mar 2020, 20h39

A Argentina registrou a primeira morte causada pelo novo coronavírus, neste sábado, 7, em Buenos Aires, capital do país. Trata-se de um homem de 65 anos que retornou no dia 25 de fevereiro de Paris, na França, um dos países mais acometidos pela doença na Europa. Quando regressou à Argentina, ele não apresentava sintomas. É a primeira morte registrada na América Latina causada pela doença. Neste sábado, o país confirmou novos seis casos – contabilizando oito infectados. O homem tinha outras complicações de saúde, segundo o jornal argentino Clarín. 

No Brasil, o número de pessoas infectadas com o novo coronavírus subiu de 13 para 19, neste sábado, de acordo com o Ministério da Saúde. São Paulo permanece com o maior número de casos confirmados, 13. Rio de Janeiro e Bahia tiveram novas confirmações hoje e passaram a dois pacientes cada. O Espírito Santo permanece com um.

No início da noite, o Instituto Adolfo Lutz confirmou o primeiro caso de infecção na capital federal. A contraprova testou positiva para uma mulher de 52 anos. Ela foi internada mais cedo em estado grave na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Regional da Asa Norte. Segundo a secretaria de Saúde do Distrito Federal, a paciente apresenta síndrome respiratória aguda severa, em função de “doença crônica preexistente” e respira com a ajuda de aparelhos.

Publicidade