Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Democratas enfrentam prévia com eleitorado diverso de Nevada

O senador Bernie Sanders está na liderança das pesquisas no estado; Michael Bloomberg não concorre nesta etapa

Por Denise Chrispim Marin 22 fev 2020, 13h20

A terceira prévia dos concorrentes do Partido Democrata ao posto de candidato à Casa Branca se dará neste sábado, 22, no estado americano de Nevada. Este será o primeiro teste do senador de esquerda Bernie Sanders, vencedor em Iowa e de New Hampshire e líder nas pesquisas nacionais, diante de um universo mais diversificado de eleitores. No estado, 30% da população é de origem latina e 10%, afroamericana.

Em Nevada, a eleição não é direta, com foi em New Hampshire. Trata-se de um caucus, como em Iowa, modelo de escolha na qual os eleitores se agregam em grupos para determinar seus favoritos. As assembleias começarão a partir das 15h (20h em Brasília) e uma hora depois já devem ser anunciados os primeiros resultados.

A média das mais recentes pesquisas medida pelo portal Real Clear Politics aponta Sanders como líder, com 32,5%, seguido do ex-prefeito de South Bend Pete Buttigieg, com 16%, em empate com o ex-vice-presidente dos Estados Unidos Joe Biden. Em terceiro lugar está a senadora Elizabeth Warren, com 14%. Michael Bloomberg, o pré-candidato mais atacado no debate de Las Vegas na quarta-feira 20, não competirá neste caucus. Na média das pesquisas nacionais, ele está em terceiro lugar, atrás de Sanders e Biden.

  • Conforme destacou o jornal The Guardian, a prévia de Nevada tem relevância por ser o primeiro teste dos pré-candidatos em um estado do oeste americano, além da experiência diante de eleitorado mais diverso. Em Nevada será definida a divisão dos 36 delegados a que o estado tem direito na Convenção Nacional Democrata, em julho, quando será escolhido o concorrente do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em novembro.

     

     

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade