Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Damasco nega qualquer responsabilidade no massacre de Al Haula

Por Da Redação - 27 maio 2012, 07h20

Damasco, 27 mai (EFE).- O Governo de Damasco rejeitou neste domingo qualquer responsabilidade no massacre de Al Haula, no centro da Síria, onde morreram quase uma centena de pessoas na sexta-feira passada, conforme disse em entrevista coletiva o porta-voz do Ministério de Relações Exteriores, Jihad Maqdisi, culpando supostos grupos terroristas.

O Ministério de Exteriores anunciou a criação de um comitê militar para investigar os fatos, um dia antes de o enviado especial da ONU e da Liga Árabe, Kofi Annan, visitar o país. EFE

Publicidade