Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Coronavírus: Itália e Irã registram novas mortes; Grécia tem primeiro caso

Ao todo, a Itália tem 374 casos; pela primeira vez desde a detecção da Covid-19 no país quatro menores de idade estão entre infectados

Por Da Redação Atualizado em 26 fev 2020, 11h34 - Publicado em 26 fev 2020, 11h12

Novas mortes causadas pelo coronavírus foram registradas nesta quarta-feira, 26, pelos governos da Itália e do Irã, ao mesmo tempo em que Grécia e Argélia contabilizaram os primeiros casos de contágio da doença. Mais cedo nesta quarta a França já havia comunicado a primeira morte no país.

A décima segunda morte na Itália foi registrada na região de Emília-Romanha, no norte do país. A vítima é um homem de 69 anos, com histórico anterior de doenças respiratórias. As demais mortes foram registradas em Lombardia (9) e Vêneto (2).

Ao todo, o país tem 374 casos de Covid-19. Pela primeira vez desde a detecção do novo coronavírus na Itália, na semana passada, quatro menores de idade (um de 4 anos, dois de 10 anos e um de 15 anos) estão entre os infectados, mas apresentam sintomas leves.

Já no Irã foram registradas quatro novas mortes, de acordo com o porta-voz do Ministério da Saúde, Kianush Jahanpur. Ao todo, o país já tem 139 casos confirmados. Entre os pacientes infectados está o vice-ministro da Saúde, Iraj Harirchi.

  • A Grécia também registrou a primeira infecção por coronavírus nesta quarta. O paciente é uma mulher de 38 anos que viajou para uma região no norte da Itália, segundo Sotiris Tsiodras, porta-voz do Ministério da Saúde.

    Ao mesmo tempo, a Argélia também tem seu primeiro caso de Covid-19. A mulher de 61 anos é italiana e chegou ao país em 17 de fevereiro. Ela está sendo monitorada, de acordo com o governo.

    Também nesta quarta o Brasil teve seu primeiro caso de coronavírus confirmado em contraprova, conforme apurou VEJA. O homem de 61 anos residente em São Paulo regressou ao país vindo da Lombardia, no norte da Itália, onde ficou entre os dias 9 e 21 de fevereiro.

    Pela primeira vez desde que a epidemia de coronavírus começou, mais casos da doença foram detectados fora da China continental do que dentro, segundo informou a Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta quarta. Ao todo, a OMS contabilizou 80.239 paciente contaminados com a Covid-19 até terça-feira 25, além de 2.700 mortes.

    Os números da OMS, contudo, podem demorar alguns dias para serem atualizados. De acordo com as informações divulgadas diretamente pelos governos locais, 40 países e dois territórios autônomos chineses têm casos de coronavírus. Entre as nações mais afetadas além da China, do Irã e da Itália estão Coreia do Sul, com 21 mortes; e Japão, com 5 mortes.

    Continua após a publicidade
    Publicidade