Clique e assine a partir de 8,90/mês

Coreia do Norte executa chefe do Estado-Maior do Exército, diz agência sul-coreana

Por Da Redação - 10 fev 2016, 11h38

A Coreia do Norte executou o chefe do Estado-Maior do Exército, Ri Yong Gil, relatou a agência de notícias sul-coreana Yonhap nesta quarta-feira. Se confirmada, a morte do militar seria a mais recente de uma série de execuções, expurgos e desaparecimentos ocorridos no governo de seu jovem líder, Kim Jong-un.

Leia também:

Japão impõe sanções à Coreia do Norte após lançamento de foguete

A notícia veio à tona em um momento de elevação das tensões em reação à isolada Coreia do Norte, que lançou um foguete de longo alcance no último domingo, cerca de um mês depois de atrair repúdio global pela realização de seu quarto teste nuclear.

Segundo a Yonhap, Ri foi morto este mês por corrupção e conspiração. O Serviço Nacional de Inteligência da Coreia do Sul se recusou a comentar, e não foi possível verificar o relato de forma independente.

Leia mais:

Coreia do Norte pode ter executado mais de 80 funcionários do regime desde 2012

(Com Reuters)

Continua após a publicidade
Publicidade