Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Combates na Líbia deixam 15 mortos e 26 feridos

Fontes médicas disseram que os combates foram iniciados pelas milícias de Zintan, que chegaram em um comboio com cerca de 100 veículos blindados e tanques para tentar tomar o controle de Kikla

Pelo menos 15 pessoas morreram, entre civis e milicianos, e outras 26 estão feridas após os violentos combates pelo controle da cidade de Kikla, na Líbia, a cerca de 120 quilômetros ao sul da capital Trípoli.

Fontes médicas do Hospital Universitário da cidade de Garyan, para onde foram transferidos os feridos, disseram que os combates foram iniciados pelas milícias de Zintan, que chegaram em um comboio com cerca de 100 veículos blindados e tanques para tentar tomar o controle de Kikla.

Após fortes bombardeios, outra força ainda mais numerosa (com cerca de 300 veículos de combate) formada por distintas milícias do oeste da Líbia chegou ao local e conseguiu repelir os combatentes de Zintan. Os confrontos terminaram com um saldo de 15 mortos e 26 feridos.

Esses enfrentamentos violentos aconteceram justo quando o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, visitava Trípoli para pedir o fim da violência e o final da cultura das armas para que seja instaurado um clima de diálogo que permita superar a grave crise política em que o país está inserido há três anos.

Leia também:

Barco com 250 imigrantes afunda no litoral da Líbia

Grã-Bretanha diz que refém na Líbia foi solto por militantes

(Com Agência EFE)