Clique e assine a partir de 9,90/mês

Colisão de trens deixa ao menos 250 feridos na África do Sul

As causas do acidente ainda não são conhecidas. Nenhuma morte foi registrada

Por Da Redação - 17 jul 2015, 18h22

Pelo menos 250 pessoas ficaram feridas após a colisão de dois trens no sul de Johanesburgo, na África do Sul. O acidente aconteceu entre as estações de Booysens e Crown Mines no final da tarde desta sexta-feira.

“Até este momento, 250 pessoas foram atendidas no local e transportadas para vários hospitais”, disse o porta-voz do serviço de resgate, Santi Steinmann. “Ainda existem pacientes no local, portanto o número pode aumentar para aproximadamente 300”.

“As as causas ainda estão sendo investigadas. (Pelo menos) Um dos trens descarrilou”, declarou o porta-voz da empresa de serviços de emergência sul-africana ER24, Russel Meiring, ao site de notícias News24. Segundo Russel, algumas das vítimas apresentavam ferimentos graves, mas nenhuma morte foi registrada. “A maioria das vítimas conseguiu sair dos escombros, e acreditamos que não há mais ninguém preso entre as ferragens dos dois trens”, acrescentou.

Leia também:

Continua após a publicidade

Acidente de trem na Alemanha deixa dois mortos e 20 feridos

Corpo de oitava vítima de acidente com trem na Filadélfia é encontrado

Acidente de trem na Índia deixa ao menos 31 mortos

Um dos passageiros afirmou à agência Eyewitness News que um dos trens descarrilou e colidiu com um segundo que estava estacionado na plataforma ferroviária de Booysens, na periferia sul da capital sul-africana. O acidente aconteceu às 18h do horário local, quando as estações costumam ficar lotadas. Segundo o News24, a companhia responsável pelos trens na capital teve de oferecer formas alternativas de transporte para que os passageiros chegassem aos seus destinos.

Continua após a publicidade

Em abril deste ano, outros dois trens colidiram no subúrbio de Johanesburgo, depois que o maquinista de um deles não parou em um sinal e se chocou com outro trem que estava parado. O acidente causou uma morte e deixou cerca de 200 de feridos. As investigações posteriores revelaram que o choque foi causado por um possível mau funcionamento do sistema de sinalização, mas também que o trem que colidiu circulava a uma velocidade superior à permitida nesse trecho da via. Em 2014, outras 80 pessoas ficaram feridas após um acidente ferroviário na cidade portuária de Durban e, em 2013, outras 300 tiveram que ser atendidas após um acidente em Pretória.

(Da redação)

Publicidade