Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Candidato esquerdista impugnará resultados das eleições egípcias

Cairo, 26 mai (EFE).- O candidato esquerdista Hamdin Sabahi, que chegou bem perto de passar para o segundo turno das eleições presidenciais egípcias segundo os dados provisórios, impugnará os resultados para tentar suspender o processo eleitoral.

Segundo explicou à Agência Efe o coordenador da campanha, Anad Hamdi, sua equipe apresentará amanhã um recurso à Comissão Eleitoral Suprema para suspender o segundo turno, previsto para os próximos dias 16 e 17 de maio, devido às infrações registradas na votação.

Da mesma forma, Sabahi pedirá o cancelamento da segunda rodada para esperar a decisão do Tribunal Constitucional sobre a aplicação da Lei de Isolamento Político, que impede os ex-altos cargos do regime de Hosni Mubarak de apresentar-se às presidenciais.

Por tudo isso, a campanha de Sabahi instará às autoridades eleitorais a não divulgar ainda os resultados oficiais da apuração, previstos para a próxima terça-feira.

Ahmed Shafiq, último primeiro-ministro de Hosni Mubarak, é um dos dois candidatos que, segundo dados oficiosos, garantiram presença no segundo turno, que disputaria contra o islamita Mohammed Mursi, aspirante dos Irmãos Muçulmanos.

O nasserista Sabahi foi a grande surpresa do pleito ao vencer em locais emblemáticos como a Alexandria, segunda cidade do país, empurrado pelos votos dos jovens revolucionários e das camadas mais humildes da população. EFE