Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Braço armado do Hamas reivindica disparo de 4 foguetes Grad contra Israel

Por Mohammed Abed 20 ago 2011, 16h10

O braço armado do Hamas na Faixa de Gaza reivindicou neste sábado em um comunicado o disparo de quatro foguetes Grad contra a cidade israelense de Ofakim, enquanto os ataques se intensificavam à noite.

“Disparamos quatro foguetes Grad contra a localidade sionista de Ofakim. É a nossa resposta aos crimes de ocupação sionista depois da morte de 15 mártires e dezenas de feridos em Gaza”, afirmaram as Brigadas Ezedin al-Qasam.

É a primeira vez que o braço armado do Hamas reivindica disparos de foguetes desde a instauração da trégua de fato em abril pelos principais grupos armados de Gaza.

Um civil israelense foi morto neste sábado à noite e outros sete ficaram feridos, sendo que um com gravidade, por foguetes disparados da Faixa de Gaza em direção à cidade de Beersheva, capital de Neguev (sul), segundo os serviços de emergência israelenses.

O homem morreu ao dar entrada no hospital de Beersheva.

Continua após a publicidade

Sete foguetes Grad foram disparados sobre Beersheva. Uma casa e um carro foram diretamente atingidos, indicaram os serviços de emergência.

Duas crianças israelenses e um jovem tiveram ferimentos leves, de acordo com a polícia.

Em outro episódio, um israelense ficou gravemente ferido e outros quatro tiveram ferimentos leves ao serem alcançados pelos impactos de uma salva de foguetes disparados também contra a cidade de Beersheeva, segundo fontes médicas israelenses.

Segundo um registro israelense, mais de cinquenta foguetes e obuses de morteiro foram disparados a partir de Gaza em direção a Israel desde a meia-noite de sexta-feira.

No total, 14 palestinos perderam a vida e mais de 40 ficaram feridos nos ataques aéreos israelenses a Gaza desde os atentados de quinta-feira em solo israelense, que deixaram oito israelenses mortos, de acordo com uma contagem da AFP.

Continua após a publicidade
Publicidade