Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Berlusconi menciona garota brasileira em conversa grampeada

Gravação foi apresentada em audiência de processo envolvendo prostituição na Itália

Em uma conversa telefônica revelada nesta quinta-feira pela imprensa italiana, o ex-primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi fala a respeito de uma “jovem brasileira de 21 anos” com um empresário acusado de favorecer a prostituição. A gravação, feita em setembro de 2008, foi apresentada em uma audiência sobre o caso em Bari, na Itália.

Na conversa interceptada, Berlusconi diz que está com “dores nas costas” e o empresário Gianpaolo Tarantini responde que está “mandando um anjinho” para ajudar. Depois Berlusconi fala sobre garotas que levará para uma festa naquela noite: “Eu tenho duas crianças pequenas, que não vejo há muito tempo, uma é jornalista da Rai. Não, da Mediaset, de esportes. É uma napolitana muito simpática, muito doce, e uma outra criança de 21 anos, brasileira, que chorou comigo ao telefone, dizendo que eu a tinha esquecido, então agora a faço vir”.

Leia também:

Silvio Berlusconi tem mandato de senador cassado

Berlusconi também sugere levar “duas cantoras cubanas” e convidar Fabrizio Del Noce, diretor de ficção da emissora Rai, “assim as garotas sentem que há alguém que tem poder e pode oferecer trabalho a elas”.

Tarantini e outros seis réus respondem por facilitar prostitutas para orgias das quais o ex-premiê italiano participava. Berlusconi é acusado de subornar o empresário para mentir a investigadores durante um processo em 2009 – ele teria pagado 20.000 euros por mês ao empresário para mantê-lo calado.

Menores – Em outra conversa interceptada, o ex-premiê diz que as informações de que ele fez sexo com menores de idade são “loucura” e “fabricações”. Em julho do ano passado, uma corte de apelação anulou a condenação do ex-primeiro-ministro no chamado ‘caso Ruby’, no qual ele era acusado de abuso de poder e envolvimento com prostituição de menores.

(Da redação)