Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

A investigação do Palácio de Buckingham sobre bullying de Meghan Markle

A duquesa foi acusada de abusar moralmente de dois funcionários do Palácio de Kensington, onde morava com o princípe Harry

Por Da Redação 30 jun 2022, 16h57

O Palácio de Buckingham revelou que concluiu a investigação sobre o comportamento da duquesa de Sussex, Meghan Markle, que teria intimidado e traumatizado alguns dos funcionários reais quando ainda morava na Inglaterra, mas se nega a divulgar os resultados.

“Posso confirmar que foi uma revisão do tratamento das alegações com o objetivo de permitir que as famílias reais considerem possíveis melhorias nas políticas e procedimentos de RH”, disse Michael Stevens, funcionário encarregado das finanças da Coroa.

“A revisão foi concluída e as recomendações sobre nossas políticas e procedimentos foram levadas adiante, mas não comentaremos mais”.

As alegações contra a mulher do príncipe Harry surgiram no ano passado, quando o jornal The Times publicou uma matéria afirmando que a duquesa expulsou dois assistentes pessoais de sua casa no Palácio de Kensington, além de ter abusado moralmente deles.

Na época a defesa de Markle negou as acusações, que chamaram de “uma campanha de difamação calculada”, por terem sido divulgados pouco depois da entrevista que Meghan e Harry a Oprah Winfrey, na qual a duquesa falou que se sentia isolada da realeza, e que já teria ouvido comentários do tipo “o quão escura será a cor da pele” de Archie, filho do casal. No relato, ela dizia também que se sentia tão pressionada que pensou em tirar a própria vida.

Mesmo o Palácio tendo afirmado que não foi usado nenhum dinheiro público para as investigações, a decisão de não divulgar os resultados foi criticada e chamada de “falta de transparência” da Coroa.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)