Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Webber desabafa: ‘Ano passado foi minha última chance de ser campeão’

O piloto Mark Webber, da Red Bull, admitiu nesta quarta-feira que talveznunca consiga vencer um título mundial na F-1. Frente à grande fase deseu companheiro, Sebastian Vettel, prestes a ser bicampeão da categoria,o australiano desabafou sobre a carreira, mas frisou que estará melhor em 2012.

‘Você pode esperar que estarei muito mais forte na próxima temporada. Espero conseguir um grande início como fiz em 2010’, disse em entrevista ao Yahoo. ‘Agora, só quero terminar o mais forte que puder e conseguir alguns bons resultados’.

Quando perguntado se sentiu que a temporada passada – na qual foi líder durante um bom tempo, caindo de produção no segundo semestre -, foi a sua última oportunidade de ser campeão, admitiu: ‘Sim, com certeza, eu de fato acho que ano passado foi a minha última chance de ser campeão mundial. Mas eu tenho tentado muito, muito e feito muita, muita coisa que outras pessoas não teriam conseguido. Então, estou muito orgulhoso disto’.Webber também comentou o sucesso do companheiro Vettel na mesma Red Bull. ‘Para vencer um campeonato você tem que ter 100% do time. Eu acho que é difícil para a equipe dar 100% para ambos os pilotos enquanto ambos estamos necessitando’ disse. ‘O time deu uma grande oportunidade para eu fazer o mesmo. Eu pedi um carro confiável e forte todo fim de semana e darei o meu melhor. O time sabe que eu sempre dou o meu melhor’.

Sobre aposentadoria, o australiano revelou que não cogita continuar no meio da F-1 depois de abandonar os cockpits. ‘É um novo capítulo’, falou. ‘Eu ainda não pensei muito nisso, no que farei depois da F-1, mas é definitivamente fora daqui’.

Indagado porque tanta aversão ao mundo da maior categoria do automobilismo, o piloto foi direto: ‘Por quê? Por causa da política – eu realmente não gosto’, concluiu.