Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Técnico e dirigente defendem elenco esmeraldino

Por Da Redação - 19 jun 2012, 17h38

A má fase vivida pelo Goiás na disputa da Série B do Campeonato Brasileiro vem incomodando a torcida. O técnico Enderson Moreira e o diretor de futebol, Marcelo Segurado, demonstraram apoio total aos jogadores e apostam que a equipe tem potencial para reagir.

Enderson atribuiu o momento de instabilidade à intensidade com que o Goiás disputou o Campeonato Goiano e a Copa do Brasil. ‘Foram momentos de muita entrega, muita dedicação e de jogos extremamente difíceis’, ressaltou. O Esmeraldino foi campeão estadual e alcançou seu melhor desempenho dos últimos anos na Copa do Brasil, sendo eliminado pelo São Paulo nas quartas de final.

Segurado acusa a imprensa de criar crises no CT da Serrinha e negou que exista qualquer conflito entre o presidente João Bosco Luz, Enderson Moreira e o veterano Iarley. ‘Não podemos criar mal-estar’, destacou.

O dirigente acredita na qualidade da equipe, mas sabe que alguns reforços pontuais são necessários e mira a contratação de um volante, um meia e um centroavante. ‘São posições que a gente precisa de jogadores para chegar e jogar, não apostas’, afirmou o diretor de futebol.

Publicidade