Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Santos e Barcelona decidem taça e hegemonia internacional

Sul-americanos e europeus estão empatados, com 25 mundiais para cada lado

Se os europeus valorizavam pouco o torneio em sua versão anterior, nos últimos anos, desde que a Fifa abraçou a competição, os clubes do continente passaram a dar importância à taça

Além de definir o título de campeão mundial de clubes, o duelo entre Santos e Barcelona no domingo, às 8h30 (horário de Brasília), em Yokohama, decidirá qual é o continente mais vencedor na competição intercontinental. Somados os Mundiais realizados em duas partidas (nos anos 1960 e 1970), os torneios de jogo único (nos anos 1980 e 1990) e o formato que recebeu a chancela da Fifa (na década de 2000, com uma interrupção de alguns anos), os sul-americanos e europeus têm 25 títulos cada. Se o Santos vencer, será um dos tricampeões, ao lado de Peñarol, Nacional, Real Madrid, Boca Juniors, São Paulo e Internazionale. O Barcelona busca o bicampeonato (venceu em 2009).

Versão atual do torneio, o Mundial de Clubes da Fifa junta os melhores times de futebol de seis confederações, além de uma equipe do país sede. Entre os times da América do Sul, apenas os brasileiros foram campeões, enquanto a Europa já venceu com espanhóis, ingleses e italianos. A primeira edição neste formato foi realizada em 2000, no Brasil, quando o Corinthians ficou com o título depois de vencer o Vasco nos pênaltis. O torneio voltou a ser organizado em 2005, e de lá para cá outros dois time brasileiros foram campeões – São Paulo e Internacional -, mas a hegemonia brasileira durou pouco tempo: os europeus conquistaram as quatro últimas edições e viraram o placar de títulos para 4 a 3.

Tabela
EUROPA AmÉrica do SUL
Títulos 25 25
Clubes campeões 13 15
Países com títulos 7 4
Títulos da Fifa 4 3
Tabela

A primeira vitória europeia num Mundial da Fifa foi em 2007, quando o Milan, com Kaká como destaque, venceu o Boca Juniors por 4 a 2. As equipes sul-americanas conseguiram chegar às finais nos dois anos consecutivos, mas sem sucesso. Em 2008, o Manchester United (Inglaterra) venceu a LDU (Equador) por 1 a 0 e ficou com o título. No ano seguinte, em 2009, o Barcelona (Espanha) venceu o Estudiantes (Argentina) por 2 a 1 na prorrogação. Em 2010, o Internacional perdeu para o Mazembe (Congo) na primeira fase e foi eliminado antes da final – a Inter de Milão levantou o troféu, fazendo a Europa superar a América do Sul em número de títulos com a chancela oficial da Fifa. Leia também: Barcelona goleia e confirma aguardada final contra o Santos Santos bate o Kashiwa e garante vaga na final do Mundial Imagens exclusivas do Santos contra o Kashiwa Reysol