Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ronaldo admite que aceitaria ser presidente da CBF no futuro

Aliado político de Ricardo Teixeira, que renunciou à presidência da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o ex-jogador Ronaldo não esconde que se imagina no comando da entidade no futuro. Ele atualmente ocupa cargo no Comitê Organizador Local (COL) da Copa do Mundo de 2014.

‘Quero virar um político do futebol. Aceitaria, aceitaria . Não sei se me candidataria a presidente, mas aceitaria. Posso ser muito útil fora das quatro linhas’, avisou Ronaldo, em entrevista à ‘TV Folha’, ressalvando que considera imprudente uma alteração na direção da CBF, ocupada por José Maria Marin, neste instante. ‘É cedo para falar disso. Qualquer mudança agora seria feita em um momento errado.’

Ronaldo também não deixou de externar seu apoio a Ricardo Teixeira. ‘Faço uma avaliação positiva. Não sou advogado e falo só por mim, mas acredito que ele deu uma boa contribuição para o futebol brasileiro. O maior exemplo é que ele foi o grande articulador para a Copa do Mundo vir ao Brasil’, defendeu.

Em tom mais descontraído, Ronaldo elogiou bastante o atacante Neymar (seu cliente na empresa de marketing esportivo 9ine) e ressaltou a sua amizade com os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Fernando Henrique Cardoso, com quem joga pôquer e bebe vinho. O ex-atacante do Corinthians, criticado por sua má forma física nos últimos anos de carreira, ainda contou que tem praticado boxe e muay thai – o lutador Anderson Silva também é agenciado por ele.