Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Richarlyson se coloca à disposição para continuar batendo pênaltis no Galo

Por Da Redação 8 fev 2012, 08h35

O técnico Cuca encontra problemas para encontrar um batedor de pênaltis para o Atlético-MG. Só nesta temporada foram quatro penalidades anotadas para o Galo, contando os jogos-treinos, e nenhuma foi convertida. Contra o América-TO, o lateral esquerdo Richarlyson desperdiçou a cobrança, mas garante que se for necessário volta a cobrar os pênaltis, e deixa a decisão para o treinador.

‘Quem acompanha, sabe que nos treinos, se eu não fiz 100% dos pênaltis, errei um de cinco. No domingo, foi uma má sorte, infelicidade. Se o Cuca pedir para bater o próximo, vou ter a confiança de ir lá e fazer. Porque eu sei fazer. Não é porque errei dois pênaltis que não sei’, disse Richarlyson, que admite que faltou concentração no jogo contra o time de Teófilo Otoni.

‘Talvez faltou um pouco mais de concentração para olhar o goleiro sair. É ter mais concentração e acabar com essa mística de pênaltis perdidos na temporada’, declarou o jogador, que se diz feliz com a chance de ser titular do Galo atuando como lateral e até como um terceiro zagueiro em alguns momentos.

‘A minha função é diferente do que vinha fazendo. Não sou lateral que apóia. O Cuca já havia me dito que se for duas vezes à linha de fundo é excelente. Se passar disso está errado. Eu me propus a fazer isso. Gosto muito mais de jogar como terceiro zagueiro do que como lateral. Estou muito mais feliz’, afirmou.

Continua após a publicidade
Publicidade