Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Patrícia Amorim é chamada para chefiar seleção feminina

Por Da Redação - 9 abr 2012, 17h53

Por AE

Rio – O presidente da CBF, José Maria Marin, anunciou nesta segunda-feira que convidou a presidente do Flamengo, Patrícia Amorim, para ser a chefe de delegação da seleção brasileira feminina de futebol nos Jogos Olímpicos de Londres. Patrícia, no entanto, não confirmou se vai aceitar o convite

A seleção masculina será liderada pelo presidente da Federação Catarinense de Futebol, Delfim Peixoto, que aceitou o convite. Delfim exercerá em Londres a função que coube a Andrés Sanchez, atual diretor de Seleções da CBF, na Copa do Mundo de 2010, na África do Sul.

Os torneios masculino e feminino de futebol serão disputados entre os dias 25 de julho e 11 de agosto em Londres. O masculino contará com 16 seleções, enquanto o feminino terá 12 equipes.

Publicidade

Antes da entrevista, Marin se reuniu com o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Arthur Nuzman. Os dois dirigentes conversaram sobre a participação da seleção na Olimpíada e sobre o futuro trabalho em conjunto das duas entidades em preparação para a sequência de eventos esportivos a partir dos Jogos de Londres: Copa do Mundo de 2014, Jogos Pan-Americanos de 2015 e Jogos Olímpicos do Rio, em 2016.

SABATINA – Marin participará de uma audiência pública na Comissão de Turismo e Desporto da Câmara dos Deputados nesta quarta-feira, a partir das 15 horas. O presidente da CBF responderá questões sobre os preparativos da Copa aos deputados. Também serão sabatinados Ricardo Trade, diretor executivo de Operações do COL, José Roberto Gama de Oliveira, integrante do Conselho de Administração do COL, e Marco Polo Del Nero, presidente da Federação Paulista de Futebol.

Publicidade