Clique e assine a partir de 9,90/mês

Para evitar excesso de estrangeiros, Inter busca naturalizar Guiñazu

Por Da Redação - 9 jul 2012, 17h38

A contratação de Diego Forlán representa a chegada do quinto jogador estrangeiro ao elenco do Internacional. Como apenas três podem ser escalados por partida nas competições nacionais, a alternativa encontrada pelo Colorado para não ter que se desfazer de seus atletas é a naturalização do argentino Guiñazu.

Além do uruguaio Forlán e de Guiñazu, o plantel do Inter conta com os argentinos D’Alessandro, Bolatti e Dátolo. Destes, apenas Bolatti não vem sendo utilizado como titular com frequência. Como o craque da Copa de 2010 vem para assumir a titularidade, ao menos um estrangeiro teria de sobrar, inclusive, do banco de reservas

Contratado pelo Internacional em julho de 2007, Guiñazu mora no Brasil há cinco anos, e preenche os requisitos legais para a naturalização. O volante já se disse favorável à ideia, e deve obter a condição nas próximas semanas. Isto não deve impedir, porém, que Bolatti deixe o Beira-Rio. Pouco aproveitado, o jogador tem proposta do Independiente e pode acertar sua saída nos próximos dias.

Publicidade