Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Palmeiras perde pênalti no final e empata com Cruzeiro

Por Da Redação 4 set 2011, 18h27

Por Flavio Leonel

São Paulo – O Palmeiras empatou por 1 a 1 com o Cruzeiro, neste domingo, no Estádio do Pacaembu, em São Paulo, pela 21ª rodada do Brasileirão. A vitória esteve nas mãos palmeirenses, com o pênalti sofrido por João Vitor já aos 45 minutos do segundo tempo. Mas Marcos Assunção bateu no meio do gol e o goleiro cruzeirense Rafael fez a defesa, garantindo a igualdade no placar.

Com o empate em casa, o Palmeiras perdeu a oportunidade de encostar no pelotão de frente da competição e permaneceu na sexta posição, com 33 pontos. O Cruzeiro, por sua vez, ficou com 28 pontos e comemorou o empate conquistado na estreia do técnico Emerson Ávila, que foi efetivado no cargo após a demissão de Joel Santana.

Ambas as equipes tiveram desfalques importantes para a partida. Do lado do Palmeiras, Valdívia está na seleção chilena e Thiago Heleno foi vetado por causa de uma amidalite. Outro desfalque de última hora foi o atacante Kléber, que estava confirmado para a partida, mas voltou a sentir dores no joelho, depois de um teste feito no vestiário minutos antes do jogo.

Do lado do Cruzeiro, mais uma série de desfalques: o goleiro Fábio está servindo a seleção brasileira, o volante Fabrício cumpriu suspensão e os laterais Vítor e Diego Renan e o atacantes Wellington Paulista estavam machucados, enquanto outro atacante, Ortigoza, foi defender a seleção do Paraguai.

Ao contrário do clima na capital paulista, de calor e tempo seco, a primeira etapa do jogo no Pacaembu foi bastante morna, com poucas oportunidades importantes de gol. Não houve um domínio claro por parte das equipes, que concentraram a disputa de lances no meio-de-campo.

Aos 5 minutos, o Palmeiras teve a primeira finalização de perigo da partida, com um chute do volante Márcio Araújo que passou rente à trave do goleiro Rafael. Aos 19, Fernandão mandou lindo chute para o gol e estufou as redes, mas o árbitro anulou o lance, marcando impedimento do atacante Vinícius, que havia dado o passe de cabeça para o companheiro.

O Cruzeiro também teve dois bons momentos, a partir da segunda metade do primeiro tempo. Aos 32 minutos, o argentino Montillo cruzou na pequena área para o atacante Anselmo Ramon chutar e a bola passar perigosamente ao lado do gol de Marcos. Aos 37, o meia Roger fez bela jogada na entrada da grande área e chutou rasteiro, para difícil defesa do goleiro palmeirense.

As equipes voltaram para o segundo tempo sem mudanças. O Palmeiras, jogando em casa e com o apoio da torcida, voltou mais agressivo e pressionou bastante o Cruzeiro desde o início desta etapa.

Logo aos seis minutos, Marcos Assunção chutou forte e a bola explodiu no peito do goleiro Rafael. Aos 10, Luan matou a bola no peito e mandou chute certeiro ao gol, mas a bola desviou na zaga e passou rente ao gol cruzeirense. Aos 14, uma cabeçada perigosa de Fernandão obrigou o goleiro Rafael a fazer grande defesa. A resposta do Cruzeiro veio aos 20 minutos, novamente com jogada de Montillo. Ele cruzou a bola com categoria para Anselmo Ramon, que bateu cruzado e rente à trave do goleiro Marcos.

Depois do susto, o Palmeiras voltou a atacar e fez o gol aos 23 minutos, depois de uma bela jogada. Luan iniciou o lance, fez tabela com o centroavante Fernandão e chutou para o gol. O goleiro Rafael defendeu, mas deu rebote, que sobrou para o mesmo Luan mandar para o fundo das redes.

Aos 27 minutos, Marcos Assunção chutou de fora da área para nova grande defesa de Rafael. Aos 29, o mesmo volante bateu falta perigosa e a bola tocou na rede, pelo lado de fora.

Continua após a publicidade

Quando o Palmeiras dominava e o jogo se encaminhava para o final, o talento de Montillo apareceu novamente e o Cruzeiro empatou. Aos 39 minutos, o argentino driblou a defesa palmeirense na pequena área e chutou forte e cruzado para gol. A bola passou embaixo do goleiro Marcos.

O Palmeiras, no entanto, teve a oportunidade de ganhar o jogo quando o meia Gilberto fez pênalti aos 45 minutos no volante João Vítor, que havia entrado no lugar do atacante Vinícius. Na cobrança, porém, Marcos Assunção chutou no meio do gol e Rafael defendeu com os pés, pondo fim às chances de vitória palmeirense.

FICHA TÉCNICA:

Palmeiras 1 x 1 Cruzeiro

Palmeiras – Marcos; Cicinho, Maurício Ramos, Henrique e Gabriel Silva; Márcio Araújo, Marcos Assunção e Patrik (Tinga); Luan, Fernandão (Ricardo Bueno) e Vinicius (João Vítor). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Cruzeiro – Rafael; Marquinhos Paraná, Naldo, Léo e Gabriel Araújo (Sebá); Leandro Guerreiro, Charles, Gilberto e Roger (Keirisson); Montillo e Anselmo Ramon (Bobô). Técnico: Emerson Ávila.

Gols – Luan, aos 23 minutos, e Montillo, aos 39 minutos do segundo tempo.

Árbitro – Leandro Vuaden (RS).

Cartões amarelos – Gabriel Silva, Maurício Ramos, Gabriel Araújo, Marquinhos Paraná, Leandro Guerreiro, Montillo e Gilberto.

Renda – Não disponível.

Público – 10.345 pagantes.

Local – Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP).

Continua após a publicidade
Publicidade