Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Messi, Higuaín e Di María terminam ano liderando Troféu Efe

Madri, 19 dez (EFE).- Com a última rodada do Campeonato Espanhol no ano de 2011 encerrada, a classificação momentânea do Troféu Efe, prêmio concedido pela Agência Efe ao melhor jogador latino-americano no torneio, é liderada pelos argentinos Lionel Messi, Gonzalo Higuaín e Ángel di María.

Messi, que é a grande estrela do Barcelona, soma 104 pontos, mas tem uma partida a mais que Higuaín, atacante do Real Madrid que tem 98 pontos, cinco a mais que seu companheiro de time Di María. O meia se consolidou como o recordista em assistências do campeonato e vem em terceiro lugar, com 93 pontos.

Logo depois aparecem dois goleiros: o chileno Claudio Bravo, da Real Sociedad, que tem 90 pontos, e o uruguaio Gustavo Munúa, do Levante, que aparece com 89 pontos, mesma pontuação do mexicano Héctor Moreno, zagueiro do Espanyol.

O melhor brasileiro na lista é o lateral-esquerdo Marcelo, do Real Madrid, que marcou cinco pontos na vitória por 6 a 2 sobre o Sevilla, no sábado, e tem 88 no total.

Pontuação dos dez primeiros e dos brasileiros na 17ª rodada do Campeonato Espanhol (a primeira ainda não foi disputada devido à greve de jogadores):.

Ángel Di María (ARG, Real Madrid) 8.

GUILHERME SIQUEIRA (BRA, Granada) 7.

Héctor Moreno (MEX, Espanyol) 7.

Daniel Díaz (ARG, Getafe) 7.

Roque Santa Cruz (PAR, Betis) 7.

Fernando Amorebieta (VEN, Athletic) 7.

Marco Ruben (ARG, Villarreal) 6.

JONAS (BRA, Valencia ) 6.

Claudio Bravo (CHI, Real Sociedad) 6.

IRINEY (BRA, Betis) 6.

DIEGO ALVES (BRA, Valencia) 6.

PAULO ASSUNÇÃO (BRA, Atlético de Madri) 6.

DIEGO (BRA, Atlético de Madri) 5.

MARCELO (BRA, Real Madrid) 5.

NILMAR (BRA, Villarreal) 4.

FILIPE LUIS (BRA, Atlético de Madri) 4.

Classificação dos dez primeiros e dos brasileiros no geral após a 17ª rodada (entre parênteses está o número de jogos disputados):.

Para que a classificação final seja mais justa, o vencedor será determinado segundo a média entre a pontuação total dada ao jogador e o número de partidas disputadas, com um mínimo de 25 (dois terços do campeonato).

Lionel Messi (ARG, Barcelona) 104 (16).

Gonzalo Higuaín (ARG, Real Madrid) 98 (15).

Ángel Di María (ARG, Real Madrid) 93 (14).

Claudio Bravo (CHI, Real Sociedad) 90 (16).

Gustavo Munúa (URU, Levante) 89 (16).

Héctor Moreno (MEX, Espanyol) 89 (16).

MARCELO (BRA, Real Madrid) 88 (14).

DANIEL ALVES (BRA, Barcelona) 86 (15).

Cristian Álvarez (ARG, Espanyol) 86 (16).

GUILHERME SIQUEIRA (BRA, Granada) 86 (16).

DIEGO (BRA, Atlético de Madri) 84 (14).

IRINEY (BRA, Betis) 81 (15).

FILIPE LUIS (BRA, Atlético de Madri) 80 (15).

JONAS (BRA, Valencia) 78 (14).

KAKÁ (BRA, Real Madrid) 76 (12).

PEDRO BOTELHO (BRA, Rayo Vallecano) 58 (11).

ADRIANO (BRA, Barcelona) 53 (9).

MIRANDA (BRA, Atlético de Madri) 47 (12).

MAXWELL (BRA, Barcelona) 40 (7).

ROVERSIO (BRA, Osasuna) 40 (8).

NILMAR (BRA, Villarreal) 35 (7).

PAULO ASSUNÇÃO (BRA, Atlético de Madri) 31 (6).

JOÃO VICTOR (BRA, Mallorca) 30 (6).

DIEGO (BRA, Valencia) 27 (5).

JÚLIO BAPTISTA (BRA, Málaga) 25 (4).

WELIGTON (BRA, Málaga) 5 (1). EFE