Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mancini espera recuperar alegria do Cruzeiro em Atibaia

Por AE

Belo Horizonte – Depois de treinar em Belo Horizonte na manhã desta terça-feira, o elenco do Cruzeiro seguirá para Atibaia, no interior paulista, onde irá realizar atividades pelo menos até esta sexta visando o clássico contra o Atlético-MG, no próximo domingo, em Sete Lagoas, pela última rodada do Campeonato Brasileiro. Com o time ameaçado pelo rebaixamento, o técnico Vágner Mancini afirmou nesta terça que terá como um dos objetivos recuperar a alegria dos jogadores, que vivem uma das semanas mais tensas da história do clube.

“Nessas últimas semanas a gente tem falado isso, o jogo mais importante do ano, o jogo mais importante por uma questão ou por outra, e agora realmente é o último. Então, tem que ser encarado desta forma. A gente iniciou a semana pensando e falando sobre o jogo, sobre aquilo que nós vivemos no Ceará (empate por 2 a 2, na rodada passada). A gente não pode lamentar a grande oportunidade que tivemos, por causa de oito ou nove minutos. Mas, enfim, temos que pensar no Atlético-MG, numa semana boa de trabalho, e voltar a ter alegria. Dessa forma a gente tem todas as chances de chegar e fazer um bom clássico”, ressaltou Mancini.

O treinador também enfatizou que tirar os seus atletas da capital mineira neste momento é importante para afastá-los do clima de cobrança imposto pela torcida cruzeirense, que não quer nem saber de ver o seu clube rebaixado pela primeira vez em sua história.

“Sempre que você tira o time da cidade onde ele vai jogar, tem que, obviamente, ter um objetivo em cima disso. A gente não quer que os atletas convivam com uma série de coisas. E, ao mesmo tempo, a gente tem que querer que os atletas se alimentem bem, durmam bem, que sejam concentrados e estejam capacitados para chegar no domingo e, concentrados naquilo que deve ser um jogo tenso, se prepararem. Quando você está mais perto, juntos, você vive melhor com isso”, disse o comandante.

Para completar, Mancini lembrou que o Cruzeiro depende apenas de si para se livrar do rebaixamento, pois está um ponto à frente do Ceará e tem dois de vantagem sobre o Atlético-PR, outro clube que está na luta contra o descenso. E, para isso, o treinador enfatiza que o time precisa ser eficiente acima de tudo contra o Atlético-MG. “Se a gente for analisar o jogo, a gente não tem que fazer o melhor jogo do ano. A gente tem que ser melhor do que o nosso adversário e ganhar o jogo. Então, se nós vamos jogar para ter uma nota dez, nove, oito ou sete, não importa. O que importa é a gente atingir o objetivo”, sintetizou.