Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Luis Fabiano leva terceiro amarelo e reclama

Por Da Redação 21 abr 2012, 20h40

Por AE

São Paulo – Luis Fabiano fez dois gols na goleada sobre o Bragantino neste sábado, brilhou na classificação do São Paulo para as semifinais do Paulistão, mas deixou o campo visivelmente chateado, se dizendo triste. Tudo isso porque ele não vai poder jogar o próximo jogo. Levou um cartão amarelo bobo no primeiro tempo e vai ter que cumprir suspensão.

Já na saída para o intervalo, ainda no gramado do Morumbi, o atacante mostrava sua irritação com o árbitro Wilson Luiz Seneme. “Tomei porrada bem pior e ele não deu nada. Sempre me intimidando e me buscando para que isso acontecesse. Foi uma falta que eu nem encostei quase no adversário. Está claro que não era para cartão e ele me deu cartão”, esbravejou.

Depois do jogo, o sentimento de raiva deu lugar à mágoa e a “impotência”, como ele mesmo descreveu. “No próximo jogo não posso estar em campo e isso me entristece muito. Não entendo o critério. É lamentável, trabalhei muito para chegar até aqui”, disse Luis Fabiano, autor de 11 gols em 11 jogos no ano.

Mesmo quando perguntado sobre sua atuação, o atacante preferiu destacar o cartão. “É uma sensação de impotência muito grande. Esse é o meu trabalho, estou aqui para ajudar o time. Continuo batendo na tecla do cartão amarelo. Semifinal é muito importante para a gente. Chegar nesse momento e ficar fora é triste.”

A falta que originou o cartão amarelo aconteceu aos 43 minutos do segundo tempo. Luis Fabiano chegou atrasado na marcação a Fernando Gabriel, ergueu o pé para tentar pegar a bola e acertou o joelho do adversário, que se jogou no chão. Seneme não teve dúvidas em dar o cartão.

Continua após a publicidade
Publicidade