Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Júnior encerra especulações e renova com o Bahia; Ávine pode sair

Por Da Redação - 23 maio 2012, 16h52

Enquanto o elenco se prepara para o confronto decisivo diante do Grêmio, pelas quartas de final da Copa do Brasil, a diretoria do Bahia seque em ritmo intenso de trabalho para definir o elenco do restante da temporada. No início da semana foi o lateral Coelho quem renovou o vínculo e nesta quarta-feira foi a vez do atacante Júnior.

Aos 35 anos, o reserva imediato de Souza e autor de 12 gols na temporada embarcou para Porto Alegre logo depois de acertar a reforma do contrato até o final do ano – o vínculo estava próximo do vencimento. Para ficar no Tricolor baiano, o ex-jogador de clubes como Ceará e Vitória recusou boas propostas de Náutico e Grêmio Barueri.Mesmo com as boas marcas, o jogador é dúvida para o compromisso desta quinta-feira, às 21 horas (de Brasília), no Olímpico, porque o técnico Paulo Roberto Falcão tem preferido escalar Ciro ao lado de Lulinha enquanto Souza não se recupera de lesão.

Além de Coelho e Júnior, outros jogadores estão na lista do Bahia para acertos contratuais: Marcelo Lomba, Morais, Magno e Rafael Donato. O caso do zagueiro é delicado, porque os direitos federativos não pertencem à equipe baiana, que já enfrenta concorrência de Flamengo e Cruzeiro.

Sem atuar por conta de uma cirurgia no braço esquerdo, o lateral esquerdo Ávine voltou ao Fazendão nesta quarta para realizar uma radiografia e constatar que a fissura está em fase final de consolidação.

Publicidade

O jogador estará disponível para treinos em 15 dias, mas o futuro pode não estar no Bahia, que já recebeu sondagens do Flamengo e não descarta a possibilidade de abrir negociação. O time carioca negociou Júnior César com o Atlético-MG e estuda a contratação do destaque da Série A de 2011 para reforçar a ala.

Publicidade