Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Guarani vence Grêmio-SP e se afasta da zona de rebaixamento da Série B

Por Da Redação - 25 out 2011, 21h25

Pressionado pelo risco de rebaixamento à Série C do Campeonato Brasileiro, o Guarani recebeu na noite desta terça-feira o Grêmio-SP, e não decepcionou o bom número de torcedores que compareceu ao Brinco de Ouro da Princesa. Vindo de vitória sobre o Duque de Caxias, o time menateve o embalo e bateu o adversário por 3 a 0, com gols de Ewerton Páscoa, Fabinho e Dairo.

Com o resultado, os alviverdes chegaram aos 43 pontos conquistados, abrindo quatro de vantagem para o Icasa, primeiro da degola, e chegando temporariamente à 12colocação. Enquanto isso, um ponto à frente, os baruerienses vão cada vez mais ficando sem ter o que fazer nesta reta final de competição.

Na próxima rodada, os campineiros vão até São Caetano do Sul enfrentar o time da casa, no Anacleto Campanella. Já o Abelha recebe o Paraná, na Arena Barueri.O Jogo – A partida começou movimentada no Brinco de Ouro. Logo aos cinco minutos, o time da casa teve uma grande chance de marcar. João Paulo bateu falta da intermediária e a bola sobrou limpa para Fabinho, mas o atacante desviou fraco e deixou a bola fácil para Juninho.

Logo depois os visitantes responderam, quando Giovani Augusto lançou Marcelinho na frente, o atacante limpou a zaga e tocou por cima do goleiro Emerson. A bola passou raspando a trave direita. Aos 20, Ale arriscou de muito longe e também assustou o goleiro bugrino.

Publicidade

Um lance aos 26 minutos, porém, diminuiu o ímpeto do time de Barueri. Anselmo, que havia levado o cartão amarelo dez minutos antes, parou contra-ataque do Guarani e foi advertido pela segunda vez, sendo expulso. E para piorar a situação da equipe da Grande São Paulo, O Bugre marcou três minutos depois.

Após escanteio batido da esquerda, Ewerton Páscoa se antecipou à zaga e desviou no canto de Juninho. O goleiro ficou parado e ainda viu a bola tocar na trave antes de entrar de mansinho no gol, dando a vantagem na primeira etapa.

No segundo tempo, os donos da casa liquidaram a fatura rapidamente. Ari fez lançamento da linha divisória do meio-campo e achou Fabinho na frente. O atacante chegou antes do zagueiro e tocou por cima do goleiro, da entrada da área, marcando belo gol por cobertura.

Sem forças para reagir, o time visitante apenas via o tempo passar, ainda recebeu outro castigo aos 46 minutos. Fabinho desceu pela direita e cruzou para Dairo testar firme, selando o 3 a 0.

Publicidade