Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Frieza e tranquilidade: Jefferson brilha na vitória brasileira

Por Da Redação 12 out 2011, 01h49

O goleiro Jefferson decretou mais um passo para a afirmação na Seleção Brasileira do técnico Mano Menezes. Substituto do lesionado Julio César, o arqueiro do Botafogo foi um dos responsáveis pela vitória de virada contra o México, em Torreón.

Jefferson não balançou as redes como Ronaldinho Gaúcho e Marcelo. Porém, ele fez intervenções durante os 90 minutos que deveriam ser comemoradas como gols.

A principal defesa foi na cobrança de pênalti de Guardado, no fim do primeiro tempo, quando os mexicanos já se aproveitavam do placar favorável de 1 a 0. Jefferson usou sua explosão para barrar o arremate em seu canto esquerdo.

‘Fico feliz, agradeço a Deus, foi o momento de manter tranquilidade, a frieza, a responsabilidade era toda do bater. Esperei o máximo possível para ir na direção da bola’, ensinou.

No segundo tempo, Jefferson ainda operou um verdadeiro milagre na cabeçada do astro Chicharito Hernández, do Manchester United, feita na pequena área. Ele só foi vencido no cruzamento de Barrera que foi desviado por David Luiz. Neste lance, era impossível qualquer tipo de defesa.

‘Foi uma infelicidade, ali ninguém tinha como saber o que iria acontecer. Eu fui na bola, o David também, são coisas de futebol’, minimizou Jefferson.

Continua após a publicidade

Publicidade