Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Fluminense desencanta e goleia Ceará por 4 a 0 no Rio

Triunfo deixa clube carioca entre os oito primeiros da tabela, com 18 pontos

Por Da Redação 31 jul 2011, 18h02

O Fluminense não mostrou um grande futebol, mas foi o suficiente para bater por 4 a 0 o Ceará, neste domingo, no Engenhão, pelo Campeonato Brasileiro. Com gols de Fred, Souza, Rafael Moura e Rafael Sóbis – que marcou seu primeiro gol pelo clube – os tricolores se recuperaram da derrota no meio de semana e ficaram mais próximos dos líderes do Campeonato Brasileiro. Já os cearenses despediçaram a chance de encostar no G4 da competição.

Confira a classificação completa do Campeonato Brasileiro

O Ceará foi melhor no início de jogo, mas desperdiçou as chances que teve. O Fluminense aproveitou a bola parada para abrir o placar na etapa inicial, com Fred. Antes do intervalo, o volante Heleno foi expulso após acertar o atacante no peito e deixou o Ceará com um a menos por todo segundo tempo. Com a vantagem numérica, os donos da casa não tiveram dificuldade de ampliar o marcador e sacramentar os três pontos.

O tricolor terá nova chance de atuar em casa nesta quinta-feira, quando vai receber o Internacional, no Engenhão. Já o time cearense vai tentar a recuperação no Presidente Vargas, contra o Avaí, na quarta-feira.

O jogo – Mesmo atuando fora de casa, o Ceará foi quem começou a partida melhor em campo. Os vistantes pressionavam a saída de bola do Fluminense e impediam a armação de jogadas por parte dos cariocas. Quando os donos da casa erravam o passe, a equipe saía nos contra-ataques com perigo. A primeira boa chance aconteceu aos sete minutos, quando Marcelo Nicácio veio da intermediária com a bola e chutou da entrada da área, mas por cima do gol de Diego Cavalieri.

O lance acordou o Fluminense, que passou a pressionar também a saída de bola do Ceará. Com isso, o confronto ficou mais equilibrado. Assim, nenhum dos times conseguiu armar boas chances de abrir o placar. Quando os cariocas eram melhores em campo, o Ceará desperdiçou oportunidade incrível aos 23 minutos. Edinho errou na saíde de bola e deu nos pés de Osvaldo. O atacante entrou na área, mas tocou para fora na saída de Diego Cavalieri.

Continua após a publicidade

A resposta do Fluminense veio no minuto seguinte, com a primeira chance tricolor. Márcio Rosário aproveitou rebatida pela esquerda, passou pelo marcador e chutou cruzado. O goleiro Diego salvou o Ceará com o pé. Os donos da casa seguiram dominando até abrirem o placar aos 35 minutos. Após falta cobrada por Souza na área, Fred se antecipou ao goleiro Diego e cabeceou para a rede.

Nos minutos finais, o Ceará tentou esboçar uma pressão em busca do empate, mas quase viu o Fluminense ampliar aos 44 minutos. Fred tocou para Marquinho, que chutou cruzado para grande boa defesa de Diego. Para piorar a situação para os cearenses, o volante Heleno deixou o pé no peito de fred em uma disputa de bola e foi expulso pelo árbitro. Com isso, os donos da casa foram para o vestiário com a vantagem mínima no placar e um homem a mais em campo.

No segundo tempo, o Fluminense logo assustou com menos de um minuto. Rafael Sóbis recebeu na área e chutou, mas a bola passou a direita do gol de Diego. Não demorou muito e os tricolores amplicaram o placar. Com três minutos, o lateral esquerdo Carlinhos fez bela jogada pela esquerda e cruzou, a zaga rebateu errado nos pés de Souza, que só teve o trabalho de finalizar para a rede.

Os donos da casa seguiram pressionando e ampliaram aos 18 minutos. Sóbis tabelou com Fred e chutou cruzado sem chance para Diego. O atcante marcou seu primeiro gol com a camisa do Fluminense para a alegria da torcida presente no Engenhão.

Depois do terceiro gol, o Fluminense diminuiu o ritmo e viu o Ceará quase fazer o seu aos 29 minutos. Osvaldo acertou belo chute da entrada da área e a bola bateu no travessão do gol de Diego Cavalieri. No entanto, quem marcou foi novamente os cariocas, dois minutos depois. Souza cobrou falta na área e Rafael Moura escorou para a rede.

O novo revés fez com que o Ceará recuasse para não levar mais gols. Com isso, o Fluminense ainda buscou ampliar o placar, mas parou na defesa cearense. No fim, os tricolores saíram de campo apludidos pela torcida.

Continua após a publicidade
Publicidade