Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Flamengo espera vencer altitude de Potosí na Pré-Libertadores

O Flamengo enfrenta nesta quarta-feira o boliviano Real Potosí na partida de ida da Pré-Libertadores, e espera trazer um bom resultado na bagagem para o jogo de volta apesar dos 3.900 metros de altitude.

O clube carioca está na Bolívia há uma semana para facilitar sua adaptação às condições de jogo e disputou na sexta-feira um jogo-treino contra o Universitario de Sucre, vice-campeão da liga local.

Quinze jogadores ficaram concentrados na cidade de Sucre desde a segunda-feira da semana passada e o grupo foi completado no último domingo por dez atletas que enfrentaram o Bonsucesso pela estreia do clube rubro-negro no Campeonato Carioca.

“A altitude é um problema, por isso chegamos com antecedência para fazer esta preparação”, declarou o volante Renato Abreu.

O técnico Vanderlei Luxemburgo fez questão de ressaltar que o gramado do estádio Víctor Agustín Ugarte está em ‘ótimas condições’.

Porém, o maior obstáculo que o Flamengo enfrentou nos últimos dias não foi altitude nem a qualidade das instalações, mas o clima tenso provocado pelo conflito interno entre Luxemburgo e a maior estrela da equipe, o meia Ronaldinho Gaúcho.

A presença do craque deixou as cidades de Sucre e Potosí em clima de festa e despertou uma grande expectativa no país. O jogador foi até condecorado com a medalha do mérito esportivo pelo presidente Evo Morales em pessoa.

Já o treinador do Real Potosí, o argentino Víctor Zwenger, não pretende acolher de braços abertos os jogadores rubro-negros.

Ele até declarou que sua equipe vai tentar ‘asfixiar’ o Flamengo, que já enfrentou os bolivianos em fevereiro de 2007, quando conseguiu um empate heróico por 2 a 2 enquanto muitos dos seus jogadores passaram mal por causa da altitude, alguns precisando até ser atendidos com balões de oxigênio.

“Não será uma surpresa se o Flamengo entrar em campo para se defender e será difícil romper as linhas de quatro”, comentou Zwenger, que prometeu que seus jogadores iriam partir para cima da equipe carioca.

O pontapé inicial da partida será dado às 20h00 locais (22h00 de Brasília) e o jogo de volta será disputado no dia 1º de fevereiro no Engenhão, no Rio de Janeiro.

O vencedor do confronto entrará na chave 2 da fase de grupos da Copa Libertadores, que já contra com o Emelec, do Equador, o Olimpia, do Paraguai, e o Lanús, da Argentina.

Possíveis escalações:

Real Potosí: Henry Lapczyk – Luis Torrico, Claudio Centurión, Alberto Alarcón, Rosauro Rivero – Eduardo Ortiz, Mario Ovando, José Michelena – Edgardo Britez, Víctor Hugo Angola y Sebastián Pol. T: Víctor Zwenger.

Flamengo: Felipe – Leonardo Moura, Welinton, David Braz, Junior César – Airton, Willians, Luiz Antonio, Renato – Deivid e Ronaldinho Gaúcho. T: Vanderlei Luxemburgo.