Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Felipão se satisfaz com reforços e valoriza ‘salário em dia’ no Verdão

Por Da Redação 3 fev 2012, 07h25

A diretoria do Palmeiras conseguiu atender aos anseios de Luiz Felipe Scolari com a contratação de cinco reforços para 2012. Depois de ter pedido ‘camarões’ para este ano, o treinador admite estar satisfeito com os novos jogadores e entende a preocupação do clube em manter as finanças em ordem.

‘O Palmeiras já me deu bons jogadores para eu compor a equipe neste ano. Se o presidente achar que pode qualificar um pouco mais, eu aceito. Mas, se não puder, eu entendo, porque o clube pode honrar o que assumiu. Vejo clubes que devem R$ 200 milhões, compram e não pagam. O nosso clube está pagando totalmente em dia os salários’, afirmou.

Neste início de temporada, equipes como Cruzeiro, Vasco e Flamengo enfrentam dificuldades para honrar os rendimentos de seus jogadores. Até há pouco tempo, o próprio Verdão aparecia com problemas de pagamentos, mas o técnico avisa que o clube não tem mais pendências.

Para esta temporada, a equipe de Palestra Itália contratou o lateral direito Artur, o lateral esquerdo Juninho, o zagueiro paraguaio Adalberto Román, o meia Daniel Carvalho e o atacante argentino Hernán Barcos.

‘Está bom, eu fiquei contente, porque chegaram quatro ou cinco jogadores. Tenho 22 no elenco e vou fazer mudanças no decorrer dos jogos’, avaliou o técnico.

Nesta semana, o Palmeiras fechou o contrato de patrocínio com a Kia Motors, que renderá R$ 25 milhões por ano aos cofres do Palestra Itália. Mesmo com a verba extra, Felipão não faz lobby por um gasto maior no futebol.

‘Não sei, isso tem de ser perguntado ao presidente (Arnaldo Tirone). Dinheiro não é minha área e ele nem deve conversar comigo sobre isso, e sim com a direção’, desconversou.

Continua após a publicidade
Publicidade