Clique e assine a partir de 9,90/mês

Federer rejeita ser o porta-bandeiras suíço em Londres

Tenista diz que Comitê Olímpico Suíço deve olhar para outros esportistas do país

Por Da Redação - 10 jul 2012, 09h18

De volta ao topo do ranking mundial da ATP, o suíço Roger Federer rejeitou o convite para ser o porta-bandeiras de seu país na abertura dos Jogos Olímpicos de Londres-2012, dia 27 de julho. Segundo o tenista, que ocupou o posto em duas oportunidades, em Atenas-2004 e Pequim-2008, o Comitê Olímpico Suíço deve olhar para outros esportistas do país.

“Ofereceram-me, mas acho que darei a oportunidade a outro atleta”, disse o tenista, em entrevista à agência de notícias DPA. Ouro nas duplas atuando ao lado de Stanilas Wawrinka, em Pequim-2008, Federer vai buscar seu primeiro título olímpico no torneio de simples, que será disputado no All England Club, onde o suíço venceu o torneio de Wimbledon, no último domingo. O fato levou Federer a decidir não se hospedar na Vila Olímpica. O número um do mundo considera muito grande a distância entre os alojamentos e o local de disputa, e deve hospedar-se no mesmo hotel onde ficou durante o Grand Slam. (Com agência Gazeta Press)

Publicidade