Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ex-interino do Chelsea defende permanência de Di Matteo por mais um ano

Londres, 25 abr (EFE).- O israelense Avram Grant, ex-técnico do Chelsea, afirmou nesta quarta-feira que o atual interino do time londrino, Roberto di Matteo, merece seguir por pelo menos um ano a mais na equipe, após os bons resultados no comando ‘Blues’.

‘Acho que merece continuar no cargo por pelo menos mais uma temporada, mas não sei se Roman Abramovich pensa como eu’, disse Grant em entrevista à ‘BBC’.

O israelense foi demitido em 2008 após perder a final da Liga dos Campeões para o Manchester United, na decisão por pênaltis. Em seu lugar, entrou o brasileiro Luiz Felipe Scolari, que não obteve sucesso à frente do time inglês.

Desde que Di Matteo assumiu provisoriamente após a demissão do português André Villas-Boas, o Chelsea perdeu apenas uma partida das últimas 15 disputadas e se classificou para a final da Copa da Inglaterra e da Liga dos Campeões.

Após o épico empate da terça-feira no Camp Nou, atuando com um jogador a menos e sem zagueiros, na opinião de Grant, o técnico italiano já deveria ter toda a confiança de Abramovich. ‘Até agora ele demitiu muitos treinadores, mas a trajetória e o nível de futebol da equipe estava caindo. Agora é diferente. A tendência da equipe é subir e Di Matteo tem a oportunidade de continuar’, disse.

Os elogios ao treinador italiano também foram feitos dentro do vestiário do Chelsea. Frank Lampard, um dos capitães e principais nomes da equipe, disse que a chegada de Di Matteo foi um dos motivos da melhora de rendimento dos ‘Blues’.

‘Não tenho palavras sobre o que ele fez. Olhem para os números, não é uma coincidência. Ele criou este ambiente, este espírito e esta determinação. É impressionante o que fez, o que nos deu e os resultados que tivemos com ele’, declarou Lampard. EFE