Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Domingos Paciência deixa Sporting Lisboa; Sá Pinto assume

Lisboa, 13 fev (EFE).- Domingos Paciência rescindiu nesta segunda-feira seu contrato como treinador do Sporting de Lisboa, imerso em uma crise desde que 2012 começou, e seu posto será ocupado pelo ex-jogador Ricardo Sá Pinto.

O clube lisboeta informou em comunicado enviado à Comissão da Bolsa de Valores (CMVM) lusa, a saída do atual técnico, embora sem confirmar se foi por demissão do técnico ou por decisão do clube, e afirmou que Sá Pinto se sentará no banco de reservas pelo resto da temporada e também em 2013.

A imprensa lusa informou que Domingos Paciencia apresentou nesta segunda-feira sua demissão, uma decisão que foi recebida com surpresa em Portugal, apesar da queda da equipe nos últimos jogos.

O presidente do clube, Luís Godinho Lopes, tinha reiterado sua absoluta confiança no treinador ontem mesmo, um dia após a derrota contra o Marítimo por 2 a 0 pelo Campeonato Português.

‘Confiança em Domingos? É uma pergunta que não tem nenhum sentido fazer. Há uma estrutura ao redor do futebol devidamente consolidada e encaminhada para fazer um bom trabalho ao longo do tempo que tem que ser apoiada. Os resultados irão aparecer’, declarou em um evento com os sócios.

Paciência chegou ao banco do Sporting vindo do Braga, equipe com a qual conseguiu chegar à final da Liga Europa, onde acabou sendo derrotado pelo Porto.

Após um início titubeante, o time conseguiu uma boa sequência de resultados que o levou a ser o único dos ‘grandes’ portugueses vivo nas quatro competições: Campeonato Português, Copa de Portugal, Copa da Liga Portuguesa e Liga Europa.

Sem chances na competição nacional (está em 4º e a 16 pontos do líder, o Benfica) e eliminado da Copa da Liga Portuguesa, os lisboetas se concentram agora em conquistar em maio a final da Copa de Portugal e fazer um bom papel na Liga Europa, competição na qual enfrentam o Légia de Varsóvia nos 16avosdefinal de final.

Para conseguir estes objetivos, contará com a chegada de Ricardo Sá Pinto, que terá sua primeira experiência como responsável por um time da Primeira Divisão. O ex-jogador, que jogou praticamente toda sua carreira como jogador no Sporting agora terá de provar que não sente a responsabilidade como técnico.

Sá Pinto foi diretor esportivo dos ‘leões’ na temporada 2009-2010, mas decidiu renunciar dois meses e meio após chegar ao cargo, devido a uma confusão com o atacante brasileiro Liédson, que terminou em agressão. EFE