Clique e assine a partir de 8,90/mês

Deola tenta não desanimar para buscar mais que vaga na Sul-americana

Por Da Redação - 18 out 2011, 18h19

Abalado por confusões nos bastidores e por uma série de cinco jogos sem vitórias no Campeonato Brasileiro, o Palmeiras inicia mais uma semana de trabalhos tentando evitar um clima de desânimo. O goleiro Deola admite que o clube não vive um bom momento, mas explica que é a hora de o elenco lutar para se reerguer.

‘É uma posição incômoda, mas não adianta desanimar, temos uma quantidade grande de pontos para conquistar. Nós ganhamos no início do campeonato e ficamos em posição boa por um bom tempo. É o mesmo grupo que temos agora e cabe a nós dar a volta por cima. Falta um pouquinho mais de acerto na hora h’, afirmou.

O Palmeiras ocupa o 12lugar no Campeonato Brasileiro, com 41 pontos, e passa a correr o risco até de perder a vaga na Copa Sul-americana, mas Deola mantém esperanças de uma arrancada nas rodadas finais.

‘Não pode nem passar pela cabeça não se classificar para a Sul-americana, é o que sobrou para nós. Faltam 24 pontos em disputa. Se conseguirmos uma arrancada, podemos voltar a brigar lá em cima. Temos de parar de fazer contas e jogar’, avaliou.

Mesmo se não conseguir alcançar novamente o pelotão de cima do campeonato, Deola adota o discurso de jogar para honrar o clube.

‘A motivação é por este símbolo. Estamos em um clube grande e todo mundo sonhou em estar aqui. Está na hora de fazer um pouquinho mais e conseguir os resultados. Nós temos capacidade e qualidade. Lógico que temos limitações, mas a maior inspiração nossa é essa camisa’, comentou.

O Palmeiras volta a campo na noite de sábado, quando enfrentará o Figueirense, no estádio do Canindé.

Continua após a publicidade
Publicidade