Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Del Bosque veta Adrián e convoca Fernando Torres para a Eurocopa

Por Da Redação - 27 maio 2012, 09h27

O técnico Vicente del Bosque utilizou este domingo de manhã para divulgar a lista com os 23 jogadores que defenderão a Espanha na disputa do bicampeonato da Eurocopa. Mesmo com todo o mistério adotado pelo treinador antes da convocação oficial, o atacante Fernando Torres, do Chelsea, superou a concorrência com Adrián e foi escolhido como o substituto de David Villa no setor ofensivo da Fúria.

A escolha de Fernando Torres ganhou força no país após a grave lesão sofrida por Villa no Mundial de Clubes da Fifa, em 2011. O jogador tentava se apoiar após uma finalização na partida contra o Al Sadd, do Catar, e quebrou a tíbia no lance. Embora o jogador tenha passado por um intenso processo de recuperação, a sua convocação foi definitivamente vetada pelo departamento médico da seleção nesta semana.Com isso, Del Bosque procurou testar Adrián, do Atlético de Madrid, no amistoso diante da Sérvia, no último sábado. O atleta estreava na seleção espanhola e agradou o torcedor ao marcar um dos gols na vitória por 2 a 0, na Suíça. No entanto, o tento não foi páreo para a força de Fernando Torres nos bastidores e deixou o iniciante de fora da edição deste ano do torneio europeu.

Apelidado de El Niño, Fernando Torres se consagrou como um dos principais goleadores espanhois no período que defendeu Atlético de Madrid e Liverpool, marcando o gol que deu ao seu país o título da Eurocopa de 2008, sobre a Alemanha. Contratado pelo Chelsea, o atleta sofreu ferrenhas críticas por largos períodos sem balançar as redes, mas voltou a desencantar após o empate por 2 a 2 com o Barcelona, em pleno Camp Nou. O jogador foi autor do segundo gol dos ‘Blues ‘no duelo e garantiu a presença de sua equipe na final da Liga dos Campeões – o time ainda seria campeão em cima do Bayern de Munique, nos pênaltis.

Além de contar com o contestado centroavante, Del Bosque procurou apostar na base campeã espanhola desta temporada e convocou para sua equipe cinco jogadores do Real Madrid e sete do Barcelona. Apesar do forte time montado em cima dos dois gigantes do continente europeu, outras duas grandes ausências também chamam a atenção. Thiago Alcântara e Puyol, ambos do clube catalão, foram cortados por apresentarem lesões.

Publicidade

A relação com 23 jogadores fará com que o técnico intensifique os trabalhos preparatórios para a Eurocopa deste ano. Apontado como franco favorito ao título, o time irá se reunir nos próximos dias e aguardar o dia 10 de junho, quando estreará na competição diante da Itália. A equipe é integrante do Grupo C do torneio e também terá pela frente as seleções da Irlanda e da Croácia na primeira fase do campeonato.

Confira a lista com os 23 espanhois convocados pelo técnico Vicente del Bosque:

Goleiros: Casillas (Real Madrid), Victor Valdés (Barcelona) e Reina (Liverpool).

Defensores: Arbeloa (Real Madrid), Juanfran (Levante), Sergio Ramos (Real Madrid), Piqué (Barcelona), Albiol (Real Madrid), Javi Martínez (Athletic Bilbao) e Jordi Alba (Valencia).

Publicidade

Meias: Busquets (Barcelona), Xabi Alonso (Real Madrid), Xavi (Barcelona), Iniesta (Barcelona), Cazorla (Málaga), David Silva (Manchester City), Mata (Chelsea), Fàbregas (Barcelona), Pedro (Barcelona) e Navas (Sevilla).

Atacantes: Llorente (Athletic Bilbao), Torres (Chelsea) e Negredo (Sevilla).

Publicidade