Clique e assine a partir de 9,90/mês

Chilavert ataca Maradona: ‘Socialista que mora em Dubai’

Ex-goleiro paraguaio se revoltou com a aproximação de Maradona com a Fifa. Argentino respondeu, pasmem, chamando Chilavert de gordo

Por Da redação - Atualizado em 24 Jan 2017, 10h04 - Publicado em 24 Jan 2017, 10h00

Dois antigos ídolos do futebol sul-americano protagonizaram um bate-boca público que agitou a Argentina nos últimos dias. O ex-goleiro-artilheiro paraguaio José Luís Chilavert, que fez história jogando pelo Vélez Sarsfield, da Argentina, fez duras críticas ao argentino Diego Armando Maradona. O motivo: a reaproximação de Maradona com os cartolas da Fifa – foi convidado de honra do presidente Gianni Infantino na última festa dos melhores do mundo, em Zurique.

O também falastrão e controverso Chilavert usou a expressão panqueque (panqueca, em espanhol, uma gíria que na Argentina se refere a quem muda de opinião com frequência) para atacar Maradona. “É uma panqueca, me dá tristeza alheia. Estive reunido com ele em São Paulo e Maradona me dizia que ia respaldar aos jogadores, mas agora defende Infantino. Vai saber porque isso aconteceu. É uma pena. O conheço bem, sei que quando há dinheiro no meio ele se subverte e esquece de tem que apoiar os mais necessitados”, afirmou o paraguaio em entrevista ao programa ESPN Radio. 

O presidente da FIFA, Gianni Infantino, e o ex-jogador Diego Armando Maradona chegam para a cerimônia de premiação da Bola de Ouro, que elege os melhores jogadores e técnicos do mundo, em Zurique, na Suíça - 09/01/2017
Infantino e Maradona na gala da Fifa Arnd Wiegmann/Reuters

Maradona era um antigo desafeto do ex-presidente da Fifa, Joseph Blatter, a quem chamou várias vezes de “ladrão”, mas se reaproximou da entidade após a eleição de Infantino. Por fim, Chilavert ironizou a ligação política de Maradona com líderes de esquerda e o fato de o argentino viver no luxo de Dubai há vários anos.

“Temos pensamentos diferentes…Ele segue sendo socialista e apoiou Fidel Castro, Hugo Chávez e Nicolás Maduro, mas mora nos Emirados Árabes.”

Continua após a publicidade

Resposta – Não demorou para que Maradona respondesse a Chilavert, que por muitos anos foi seu adversário nos gramados. “No Brasil, Chilavert me disse que estava comigo. A panqueca é ele, o falso é ele”, afirmou Maradona ao programa De Fútbol Se Habla Así, da DirecTV. Por fim, Maradona – que, assim como Chilavert, sempre teve problemas com a balança – ironizou a forma física do ex-goleiro.

“Chilavert que deixe de comer panquecas porque se não não vai mais caber na foto. Ele nunca ajudou ninguém. Que passe na minha casa porque tenho um porco para ele no freezer”, provocou. O assunto parece incomodar Chilavert. Em 2015, o ídolo do Vélez pediu uma indenização de cerca de 1,5 milhão de reais ao treinador uruguaio Gerardo Pelusso, que o chamou de “gordo mentiroso e sem-vergonha.”

Publicidade