Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Chilavert processa treinador uruguaio por ser chamado de “gordo”

Ex-goleiro da seleção paraguaia pede uma indenização de 1,5 milhão de reais pela declaração polêmica do uruguaio Gerardo Pelusso

O ex-goleiro da seleção de futebol do Paraguai, José Luis Chilavert, processou por difamação o treinador uruguaio Gerardo Pelusso, que o chamou de “gordo mentiroso e sem-vergonha” em declarações na última semana para a rádio Sport 890, de Montevidéu, no Uruguai. Ele pede uma indenização de 2,5 bilhões de guaranis (cerca de 1 milhão e 500 mil reais). Pelusso, técnico do Independiente de Santa Fe, da Colômbia, criticou Chilavert por não ter dado seu voto na classificação da Bola de Ouro da Fifa ao zagueiro uruguaio Diego Godín, do Atlético de Madrid. “Chilavert foi um dos escolhidos para fazer a lista da Fifa dos melhores jogadores. Perguntem a esse gordo mentiroso por que Diego Godín não está nela”, declarou Pelusso. O ex-goleiro paraguaio de 50 anos integrou ano passado a comissão da Bola de Ouro, composta por ex-jogadores como o alemão Beckenbauer. Apesar de Pelusso afirmar que Chilavert compõe o grupo que escolhe os melhores jogadores, a Fifa não divulgou oficialmente os representantes da comissão este ano.

Leia também:

Mourinho não baixa a bola: ‘Primeira fase ruim em 15 anos’

Crise no Chelsea: Mourinho coleciona confusões e já desagrada brasileiros

O técnico uruguaio Gerardo Pelusso O técnico uruguaio Gerardo Pelusso

O técnico uruguaio Gerardo Pelusso (/)

As controvérsias entre Chilavert e Pelusso remontam à época em que o uruguaio dirigiu o Paraguai em parte das Eliminatórias para a Copa do Mundo do Brasil.Chilavert criticou em várias ocasiões o trabalho de Pelusso à frente da seleção paraguaia, entre 2012 e 2013, e opinou que seu favorito para dirigir a seleção na época era outro uruguaio, o ex-treinador do Internacional-RS, Jorge Fosatti.

Chilavert é um dos principais ídolos da seleção paraguaia, tendo defendido seu país nas Copas de 1998 e 2002 como titular e capitão da equipe. Além de ser conhecido por suas defesas, o paraguaio é o segundo maior artilheiro entre os goleiros, com 62 gols, atrás apenas de Rogério Ceni, atualmente com 131.

(Com EFE)