Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Castán alfineta: ‘Palmeiras queria estragar a festa, mas não conseguiu’

Por Da Redação 4 dez 2011, 18h56

Os jogadores do Corinthians desabafaram depois da conquista do título brasileiro, neste domingo. Expulso nos minutos finais, depois de uma confusão generalizada, o zagueiro Leandro Castán ainda alfinetou o rival.

‘Parabéns ao Palmeiras, que queria estragar nossa festa, mas não conseguiu’, afirmou o defensor, durante a comemoração no gramado do Pacaembu.

Com o empate por 0 a 0, na tarde deste domingo, o Timão confirmou o título nacional, deixando o Vasco em segundo. A diretoria do Verdão havia prometido um prêmio maior por uma vitória sobre o rival, mas o time não conseguiu estragar a festa do oponente.

Quando o placar estava garantido, nos acréscimos, Jorge Henrique deu o chute no ar, famosa provocação de Valdivia, e gerou uma confusão em campo.

Depois da briga generalizada, Castán foi expulso pelo árbitro Wilson Luiz Seneme. ‘Foi muito rápido. Eu fui separar, mas ele achou que eu queria agredir’, afirmou o atleta.

Além do corintiano, o volante palmeirense João Vitor também foi excluído de campo por causa da confusão. Antes, no decorrer da segunda etapa, Valdivia e Wallace haviam recebido cartão vermelho.

Continua após a publicidade
Publicidade