Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Bruno relata pedido de desculpas de Barcos e encerra polêmica

Por Da Redação - 19 jun 2012, 16h33

O goleiro Bruno encerrou o atrito que teve com o atacante Hernán Barcos, durante o empate por 1 a 1 com o Vasco, no domingo. Cobrado publicamente pelo argentino, o arqueiro explicou que recebeu o pedido de desculpas do Pirata no treino de segunda e descarta qualquer problema com o colega.

‘O Barcos veio ontem (segunda-feira) conversar comigo, pediu desculpas e está tudo bem. Nunca tivemos problema e não será isso que vai atrapalhar nosso bom ambiente’, afirmou o goleiro, nesta terça, ao site oficial do clube.

A polêmica aconteceu depois do gol de empate do Vasco, quando Juninho Pernambucano bateu falta no canto em que Bruno estava. No entanto, instantes antes do chute, o goleiro deu um passo para o lado oposto, na direção do setor protegido pela barreira.

Irritado com o gol, Barcos reclamou bastante com o camisa 1 ainda no decorrer da partida. Na saída do gramado, o argentino afirmou que Bruno falhou na jogada, porque não deveria ter tentado adivinhar o canto.

Publicidade

‘O bom deste grupo do Palmeiras é que, o que acontece no campo, fica no campo. Tudo que é feito dentro das quatro linhas é para melhorar, para evoluir’, acrescentou o goleiro.

Bruno ainda citou o exemplo da discussão que teve com o zagueiro Henrique na derrota por 1 a 0 para o Atlético-MG, pelo Brasileirão. Apesar do entrevero, o goleiro explica que não guarda qualquer problema com o defensor.

‘O Henrique é um dos meus melhores amigos, pois nós nos conhecemos aqui em 2008. Tive aquele atrito com ele no jogo contra o Atlético-MG, mas depois conversamos e as coisas ficaram numa boa. Está tudo muito bem e o nosso foco está somente no Grêmio’, argumentou.

O Palmeiras tem compromisso decisivo na noite de quinta-feira, diante do Grêmio, pelo jogo de volta da semifinal da Copa do Brasil. Como venceu no estádio Olímpico por 2 a 0, o Verdão tem a vantagem de se classificar mesmo em caso de derrota por um gol de diferença na Arena Barueri.

Publicidade