Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Brasil goleia Arábia Saudita e avança no Mundial Sub20

Por Por Santiago Piedra 11 ago 2011, 07h10

O Brasil derrotou a Arábia Saudita por 3 a 0 nesta quarta-feira, na cidade colombiana de Barranquilla, e passou às quartas de final do Mundial de futebol Sub20.

Os gols foram marcados na segunda etapa, com Henrique, no primeiro minuto, Gabriel Silva, 24, e Dudu, aos 41 minutos.

Nas quartas de final, o Brasil enfrentará a Espanha, no domingo, na cidade de Pereira. Os espanhóis eliminaram a Coreia do Sul nos pênaltis, após empate por 0 a 0.

Após um primeiro tempo difícil, no qual o Brasil criou algumas oportunidades mas também foi ameaçado pelos árabes, o técnico Ney Franco tirou Casemiro para a entrada de Willian, o que deu novo ritmo ao meio de campo da seleção e abriu caminho para a classificação.

O primeiro gol brasileiro saiu dos pés de Henrique, logo no início do segundo tempo, quando Fernando acertou um passe em profundidade, William deixou a bola passar e o atacante entrou em velocidade, para disparar na saída do goleiro Fahad Almuwallad.

Aos 17 minutos, Henrique se machucou e foi substituído por Dudu, mas o Brasil manteve a pegada ofensiva e o controle do jogo.

O segundo gol saiu aos 24 minutos, quando Gabriel Silva recebeu passe de Willian e disparou rasteiro, sem chance de defesa para Almuwallad.

Continua após a publicidade

Dudu encerrou a goleada aos 41 minutos, ao entrar em velocidade pelo lado esquerdo e chutar entre as pernas do goleiro saudita.

Ao final do jogo, Ney Franco estimou que “será preciso melhorar para enfrentar a Espanha” nas quartas de final, já que os espanhóis são “um time de muita qualidade”.

“Precisamos melhorar as coisas porque não estamos conseguindo jogar tudo”, o que ficou claro no primeiro tempo contra a Arábia Saudita.

Ney Franco afirmou que os sauditas tiveram “mais garra” na etapa inicial, o que exigiu um ajuste da seleção brasileira.

O técnico tirou Casemiro para a entrada de Willian, o que deu novo ritmo ao meio de campo do Brasil na segunda etapa.

Segundo o treinador, Brasil e Espanha são dois times que têm condições de chegar ao título, do mesmo modo que Colômbia, Argentina e Nigéria.

“A competição tem cada vez mais qualidade” e a Espanha “taticamente joga diferente das equipes que já enfrentamos”.

Na primeira fase, Brasil jogou contra Egito (1-1), Áustria (3-0) e Panamá (4-0).

Continua após a publicidade
Publicidade