Clique e assine a partir de 9,90/mês

Atacante Rogério passa pela primeira cirurgia no joelho

Por Da Redação - 31 jan 2012, 15h43

O atacante Rogério, que sofreu uma forte entrada do lateral Maneco, na partida entre Náutico e America-PE, pela quarta rodada do Campeonato Pernambucano, passou pela primeira cirurgia na manhã desta terça-feira, em Recife – outra intervenção está programada para os próximos 30 dias.

A operação visou a reconstituição do ligamento colateral medial, rompido no momento da jogada que indignou todo o Brasil.Na ocasião, o árbitro Cláudio Mercante apenas mostrou cartão amarelo para Maneco, mas após a repercussão nacional não paitará mais partidas do campeonato estadual, segundo anunciou a Federação Pernambucana.

O procedimento cirúrgico durou cerca de duas horas, e agora Rogério segue em recuperação. A previsão é de que ele seja liberado do hospital já nesta quarta-feira, mas o departamento médico do Timbu não descarta a possibilidade de Rogério só sair na quinta, já que apresenta um grande inchaço na região lesionada.

‘Foi tudo normal. O ligamento colateral foi refeito, assim como a limpeza da cartilagem. Foi fechado o local e colocado um aparelho de imobilização’ afirmou o médico Fábio Ribas, que também lembrou que o atacante ainda não poderá pisar no chão nos primeiros dias, e aos poucos vai sendo liberado para começar os trabalhos de fisioterapia.

Continua após a publicidade

Uma segunda intervenção no joelho de Rogério também está prevista. Ela deve ser realizada em até um mês. Neste novo procedimento, será reconstruído o ligamento cruzado anterior. De acordo com a equipe médica, Rogério deve ficar entre seis e oito meses em recuperação.

‘Essa é uma estimativa, mas só vamos saber com mais certeza depois de um mês, quando observarmos melhor os efeitos da cirurgia e a recuperação do atleta’, disse Ribas.

Homenageado tanto pelos colegas, quanto pela torcida alvirrubra, que usou uma máscara com o seu rosto no Clássico das Multidões, no domingo, Rogério está feliz com o sucesso da cirurgia e agradece o apoio recebido.

‘Estou bem agora, sem dor alguma, e fico feliz em saber que deu tudo certo. Agora é hora de me recuperar. Está todo mundo me ligando, até o pessoal que foi embora. É legal isso. No jogo, até a torcida usou uma mascar com o meu rosto.’

Publicidade