Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Após atuações discretas, Ganso reconhece que precisa melhorar

Por Da Redação 2 jul 2012, 14h48

Após uma semana fazendo trabalho de reequilíbrio muscular, por conta da artroscopia no joelho direito, sofrida no final de maio, o meia Paulo Henrique Ganso teve uma atuação discreta no empate com a Portuguesa, neste domingo, no Canindé. O próprio jogador, que foi substituído por Gérson Magrão aos 15 minutos do segundo tempo diante da Lusa, reconheceu que o seu rendimento não foi o ideal nesta partida.

‘Falta um pouco (de condicionamento físico). Eu sei que preciso melhorar. Vou buscar sempre, com os treinamentos durante a semana, estar melhor preparado. Só assim poderei ajudar o nosso Santos e a Seleção Brasileira’, disse Ganso, em entrevista à Rádio Estadão/ESPN.

Indagado sobre a situação de sua equipe no Campeonato Brasileiro, o camisa 10 espera que o Santos encaixe uma boa sequência de resultados para deixar logo as últimas posições da competição – o Peixe ocupa o 18lugar, com cinco pontos e nenhuma vitória conquistada, em sete rodadas disputadas.Paulo Henrique Ganso espera que, mesmo com a possibilidade de o time perder o goleiro Rafael, o atacante Neymar e ele durante os Jogos Olímpicos de Londres (Inglaterra) – o trio não atuaria durante sete rodadas do Brasileirão, pelo menos -, os santistas encontrem forças para melhorar a campanha na Série A.

‘O Santos tem um grupo muito bom, mas é claro que, sem o Neymar, o Rafael e eu, a equipe perde um pouco de entrosamento. Mesmo assim, confio que o nosso time tem tudo para reverter essa situação. O Santos tem qualidade para isso’, concluiu.

Continua após a publicidade
Publicidade